12/25/2017

Melhores do Ano | Melhores livros nacionais lidos em 2017

No segundo dia do Melhores do Ano literário, trouxe minhas melhores leituras nacionais deste ano. Confira:

1° - Quando a noite cai - Carina Rissi (Resenha)
Briana Pinheiro sabe que não é a pessoa mais sortuda do mundo. Sempre que ela está por perto algo vai mal, especialmente no trabalho. Por isso é tão difícil manter um emprego. E a garota realmente precisa de grana, já que a pensão da família não anda nada bem. Mas esse não é o único motivo pelo qual Briana anda perdendo o sono. Quando a noite cai e o sono vem, ela é transportada para terras distantes: um mundo com espadas, castelos e um guerreiro irlandês que teima em lhe roubar os sonhos... e o coração. Depois de ser demitida — pela terceira vez no mês! —, Briana reúne coragem e esperanças e sai em busca de um novo trabalho. É quando Gael O’Connor cruza seu caminho. O irlandês de olhar misterioso e poucas palavras lhe oferece uma vaga em uma de suas empresas. Só tem um probleminha: seu novo chefe é exatamente igual ao guerreiro dos seus sonhos. Enquanto tenta manter a má sorte longe do escritório, Briana acaba por misturar realidade e fantasia e se apaixona pelo belo, irresistível e enigmático Gael. Em uma viagem à Irlanda, a paixão explode e, com ela, o mundo de Briana, pois a garota vai descobrir que seu conto de fadas está em risco — e que talvez nem mesmo o amor verdadeiro seja capaz de triunfar.
Quando a Noite Cai é um romance maravilhoso e muito emocionante, com boas doses de mistério e cultura. É impossível o leitor, ao finalizar a leitura, ou mesmo antes, não passar a desejar conhecer mais sobre o povo celta e a cultura irlandesa e, claro, sonhar em conhecer o país. Sem contar que a escrita da autora é muuuito envolvente e divertida.
“Não vou sair dessa batalha sem lutar por você. Por nós! Enquanto o amor existir, a esperança vai continua existindo também.”
2° - Nunca Olhe Para Dentro - Amanda Ághata Costa (Resenha)
Nem sempre a vida é colorida como um quadro ou suave como uma pincelada, às vezes é o contrário de tudo isso. Depois de perder os pais em um acidente de carro aos oito anos de idade, a única coisa que Betina precisa fazer é encontrar o responsável por ter destruído sua família na noite que daria início à sua próspera carreira como pintora. Agora longe dos pincéis e das paletas, ela está focada em terminar a primeira graduação e procurar na justiça um pouco de consolo para o caos que o seu passado ainda traz. Ao lado de seus amigos e sob o teto de uma tia que a detesta, ela perceberá de que cores as pessoas são feitas, e do quanto é realmente necessário olhar para dentro de tudo aquilo que a assombra, mesmo que para isso precise passar por uma inesperada decepção.
Que livro! A cada vez que a autora revelava algo sobre esse livro, antes do lançamento, minhas expectativas só aumentavam. Fiquei até com medo de essas expectativas atrapalharam o resultado da leitura, confesso. No entanto, nada disso aconteceu, pois minhas expectativas foram não só atingidas como também ultrapassadas. NOPD é um livro emocionante, muito intenso; daqueles que no fim da leitura pensamos: TODOS precisam ler este livro. TODOS precisam sentir esse soco no estômago.
“— Se eu puder, vou te dar todas as cores que escolher, não importa quais sejam. Todas elas serão suas. Porque você merece, Betina. Você merece um arco-íris inteiro.”
3° - Intenso & Misterioso - Mary Oliveira (Resenha)
Tudo que Dolores Dias queria era ter um relacionamento casual e descomplicado. Após ceder aos seus desejos, ela se vê em meio a um fogo cruzado... O que era para ser algo simples, havia se tornado perigoso.
Aaron é um homem misterioso e ela pretende desvendar cada mistério que o envolve, por esse motivo não cede quando o passado ressurge para perturbá-lo. Ciente de que deveria manter-se longe, Dolores decide ignorar a razão, resolve ficar e ajudá-lo — mesmo que o motivo para tal decisão seja uma incógnita.
Em meio às descobertas, percebe que sua vida estava ligada ao passado de Aaron antes mesmo de conhecê-lo e seu futuro, por mais que não saiba, será afetado por ele.
Neste ano, li 3 livros da autora, e fiquei com bastante dúvida quando fui escolher, já que todos me agradaram muitooo. Então, decidi escolher este por ter sido lançado em 2017. Intenso & Misterioso é um livro apaixonante e muito envolvente, daqueles que não deixam brechas para o leitor respirar. Há romance, ação, mistério... ❤️
“—Então me dê um bom motivo para querer fazer parte desse inferno?
Ela hesitou. Demorou alguns minutos, mas a resposta resoluta deixou seus lábios:
— Você está envolvido.”
4° - Mônica e Enzo e Todos os Dias - Denise Flaibam (Resenha)
Mônica gosta de rotinas. Ela aprendeu a evitar situações desconfortáveis por causa delas. Com dezessete anos, cinco irmãos, um talento nato para a fotografia e uma paixão antiga pelo Enzo, o maravilhoso goleiro do time da escola, Mônica está muito bem, obrigada.Contudo, um mal entendido coloca Mônica como fotógrafa oficial dos jogos, o que significa encontrar com o astro do time de futebol, consequentemente o amor da sua vida (e o fã clube alucinado dele) várias vezes no dia. Passos bem calculados se tornam uma sequência de incidentes inesperados, como encontros nas festas da escola e sorrisos apaixonados. Espera aí... O Enzo, apaixonado por ela?
De repente, Mônica precisa lidar com as reviravoltas da vida adolescente, coisas que até então tinha conseguido evitar. Mônica e Enzo e Todos os Dias é a história de um amor surpreendente e cheio de possibilidades. Será que a Mônica vai conseguir fugir dos seus medos para viver esse primeiro amor?
Esta foi minha primeira experiência com a escrita da autora (e única até então), e já me conquistou. Já faz um bom tempo que o li mas me lembro que, quando não estava o lendo,que sentia a necessidade de estar lendo. Mas isso não é normal? Sim. A diferença é que o livro estrada coisas do cotidiano, sem grandes revelações ou ápice, mas mesmo assim envolve completamente e passa mensagens sobre amizade, amor, força, mudanças etc.
“E o destaque na simplicidade que faz as pessoas extraordinárias.”
5° - Relíquias - Anna CMS (Resenha)
Há pessoas que amadurecem naturalmente com o passar dos anos e diante das alegrias e reveses da vida. Há aqueles que são obrigados a amadurecer muito rápida e precocemente, em resposta a acontecimentos infelizes ou tragédias que fogem totalmente ao nosso controle. Há aqueles que vivem décadas sem jamais amadurecer e se comportam como eternos adolescentes em uma rave, diante de qualquer situação, pessoa ou sentimento.
E há aqueles... que amadurecem anos de vida em apenas um verão de aventuras e autoconhecimento...
Annelena MacLeish acaba de partir numa viagem de carro na qual atravessará o país.
Destino: faculdade preparatória para Medicina da UCLA, em Los Angeles.
Bagagem: poucas roupas, alguma comida, pouco dinheiro, muitos sonhos e seu maior bem – um roteiro de viagem feito por sua falecida mãe, Renata, deixado como herança que esconde muitos segredos.
Lena havia terminado a high school em Orlando – Flórida, onde morava com seu pai Jim MacLeish, e realizaria seu sonho de atravessar o país em sua primeira viagem sozinha, dirigindo seu próprio carro. Sua mãe havia determinado que essa seria a fórmula idel para se tornar adulta.
No entanto, o que deveria ser uma solitária viagem de autodescoberta, torna-se um grupo em road trip. São os irmãos Bristols que temperam sua aventura com liberdade, descobertas, amores e encontros eternos. Sean, Hanna e Kyle trazem consigo seus próprios inimigos e envolvem Lena numa trama de intrigas, que podem atrapalhá-la de descobrir os segredos deixados por sua mãe ao longo da estrada.
Em meio a sexo, música, amizades, mistérios e paixões eles vão muito além de Los Angeles ou de qualquer outro destino: alcançam o amadurecimento que somente a estrada poderia proporcionar.
Tudo era novo! Nada como a estrada para iniciar uma nova vida.
E a cada milha eles viviam uma aventura diferente...
Fiquei bastante tempo com o e-book de Relíquias encalhado, mas depois comecei, me arrependi de ter esperado tanto. O livro possui romance, aventura, muita amizade e viagem. A leitura é inspiradora, e fez com que eu me identificasse bastante com tudo e desejasse estar ali, seguindo viagem junto com os personagens. É também divertida e surpreendente.
“A estrada obriga o viajante a se conectar com seu íntimo...”

4 comentários

  1. ME SEGURAAAAAAAAAAAA <3 Aaron nessa lista linda!!! Estou me sentindo tão honrada, Catrine <3 Muito, muito obrigada pelo carinho, flor <3 Fico muito feliz em saber que gostou dele *------------*
    Beijooos! <3

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu ainda não li os livros que citou, mas tenho Nunca olhe para dentro, e depois de tantas resenhas positivas, quero muito ler.
    Amo os livros da Carina, e esse tem uma capa tão linda <3
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  3. Que amoooooooor ver Mônica e Enzo nessa lista, flor! Fico muito honrada por saber que a história foi uma das melhores do seu ano, e muito agradecida por ter dado uma chance pra esses dois bobões <3
    Muito, muito obrigada!

    Beijos,
    Denise Flaibam.

    ResponderExcluir
  4. Nem tenho como dizer o quanto fico feliz por estar nessa lista de melhores do ano! A Betina e o Nicolas agradecem pelo seu carinho, de verdade ♥ Beijos!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita, espero que tenha gostado!
Opiniões, sugestões, críticas... fiquem a vontade, mas com respeito.❤❤

Layout por: Adorável Design