12.12.17

Novidade | Conheça "Ainda Sou Eu", 3° livro de "Como eu era antes de você"

Depois de Você, segundo livro de Como eu era antes de você já foi uma surpresa. Ainda sou eu, terceiro livro da série, então, surpreendeu mais ainda — e isso antes mesmo de ser lançado. Hahaha


Nesse livros iremos continuar acompanhando a vida da nossa Lou abelhinha. Confiram a sinopse e a capa:
"Sequência dos romances Como eu era antes de você e Depois de você, que arrebataram o coração de milhares de fãs, Ainda sou eu conta, pela perspectiva delicada e bem-humorada de Lou Clark, uma história comovente sobre escolhas, lealdade e esperança."
Lou Clark chega em Nova York pronta para recomeçar a vida, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter seu relacionamento a distância. Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik - Leonard e a esposa bem mais nova, e um sem-fim de empregados e puxa-sacos. Lou está determinada a extrair o máximo dessa experiência, por isso se lança no trabalho e, antes que perceba, está inserida na alta sociedade nova-iorquina, onde conhece Joshua Ryan, um homem que traz consigo um sopro do passado de Lou.
Enquanto tenta manter os dois lados de seu mundo unidos, ela tem que guardar segredos que não são seus e que podem mudar totalmente sua vida. E, quando a situação atinge um ponto crítico, ela precisa se perguntar: Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido?
Jojo Moyes sobre a trilogia:
“Eu sempre soube que ao escrever a sequência de Como Eu era Antes de você, eu também deveria escrever um terceiro livro; Eu vi que estava claro que essa seria uma trilogia. Retornar a Lou foi divertido, eu a levei a um novo país, um novo mundo, e uma casa repleta de segredos. Com seu senso de humor e lado emocional, ela precisa perguntar a si mesma algumas perguntas fundamentais — e por fim, a qual lado do Atlantico ela pertence?”
O lançamento do livro está previsto para 08 de fevereiro.

8.12.17

Resenha | Lady Whistledown Contra-Ataca - Julia Quinn e outros

Título: Lady Whistledown Contra-Ataca
Autoras: Julia Quinn, Mia Ryann, Suzanne Enoch e Karen Hawkins
Gênero: Literatura Estrangeira - Romance
Páginas: 352 | Editora: Arqueiro | Adicione no Skoob
Avaliação:
Sinopse: Com a participação especial da famosa cronista da sociedade criada por Julia Quinn, Lady Whistledown Contra-Ataca é formado pelas narrativas curtas de quatro escritoras consagradas, tendo como fio condutor o roubo de uma pulseira milionária. Seus contos são como pérolas que se unem e formam uma peça de valor inestimável.
Quem roubou o bracelete de lady Neeley?
Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.
Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1816
Julia Quinn encanta…
Um belo caçador de fortunas foi enfeitiçado pela debutante mais desejada da temporada. Agora ele precisa provar que o que deseja é o coração da jovem, não o dote dela.
Mia Ryan delicia…
Uma criada adorável e espirituosa está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um charmoso conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso e poderia arruinar a reputação dos dois.
Suzanne Enoch fascina…
Uma jovem inocente que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres.
Karen Hawkins seduz…
Um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.

5.12.17

Resenha | Meus dias com você - Clare Swatman

Título: Meus dias com você
Autor(a): Clare Swatman
Gênero: Literatura Estrangeira - Romance
Páginas: 288 | Editora: Arqueiro | Comprar: Compare e compre
Avaliação:
Sinopse: Quando o marido de Zoe morre, o mundo dela desaba. Mas e se fosse possível tê-lo de volta?
Numa fatídica manhã, Ed e Zoe têm uma discussão terrível, algo recorrente no seu casamento em crise, e ela acaba se despedindo de forma brusca quando ele sai para o trabalho.
Pouco tempo depois, um ônibus acerta a bicicleta de Ed, matando-o e deixando Zoe arrasada por não ter lhe dito quanto o amava. Se tivessem ficado mais um pouco juntos aquela manhã, ele ainda estaria vivo? Será que poderiam ter reconstruído o amor que os unira?
Após dois meses, Zoe ainda não conseguiu se conformar. De luto, decide cuidar do jardim do marido, quando acaba caindo e desmaiando. Então, algo estranho acontece: ao acordar, ela está em 1993, no dia em que conheceu Ed na faculdade.
A partir desse instante, Zoe passa a reviver momentos cruciais de sua vida e percebe que talvez tenha conseguido uma segunda chance: uma oportunidade de fazer tudo diferente, de focar naquilo que realmente importa, de mudar os rumos do relacionamento – e, quem sabe, o destino de seu grande amor.

2.12.17

Quotes | Nunca Olhe Para Dentro, de Amanda Ághata Costa + E-book grátis na Amazon

Olá! :)
Quem leu a resenha de Nunca Olhe Para Dentro sabe o quanto o livro me tocou e conhece os muitos motivos para isso. Uns deles são a escrita maravilhosa da autora e as mensagens e ensinamentos que a Amanda nos passa através da história. Não foi a toa que finalizei a leitura com +100 marcações... Trouxe algumas delas para vocês sentirem o gostinho de NOPD, um livro que indico a TODOS, e já irem correndo baixá-lo na Amazon GRATUITAMENTE (aqui). 
“Fico sentada com os joelhos encostados na barriga, paralisada em uma cena congelada, questionando como alguém pode não ter cor.”
“Como minha mãe poderia querer que eu amasse essas memórias? Como posso amar as coisas boas se elas praticamente não existem no meu mundo monocromático?
Como amar as ruins se elas são terríveis?”
“Então, descarto os motivos para ter que mascarar o meu verdadeiro eu. O que é bonito não precisa de retoques, pode ter qualquer aparência, pois o que está escondido por trás do que se vê, é onde justamente ele se mostra mais bonito.”
“Que eu seja capaz de dizer adeus para tudo o que me prende ao passado e consiga dar continuidade a alguns dos meus sonhos. Sair dessa casa é o maior deles.”

24.11.17

Resenha | Relíquia - Anna CMS (RoadTrip #1)

Título: Relíquia | Autor(a): Anna CMA
Gênero: Literatura Nacional - Romance
Páginas: 370 | Editora: Constelação Editorial | Comprar: Constelação 
Adicione no Skoob
Avaliação:
Sinopse: Há pessoas que amadurecem naturalmente com o passar dos anos e diante das alegrias e reveses da vida. Há aqueles que são obrigados a amadurecer muito rápida e precocemente, em resposta a acontecimentos infelizes ou tragédias que fogem totalmente ao nosso controle. Há aqueles que vivem décadas sem jamais amadurecer e se comportam como eternos adolescentes em uma rave, diante de qualquer situação, pessoa ou sentimento.
E há aqueles... que amadurecem anos de vida em apenas um verão de aventuras e autoconhecimento...
Annelena MacLeish acaba de partir numa viagem de carro na qual atravessará o país.
Destino: faculdade preparatória para Medicina da UCLA, em Los Angeles.
Bagagem: poucas roupas, alguma comida, pouco dinheiro, muitos sonhos e seu maior bem – um roteiro de viagem feito por sua falecida mãe, Renata, deixado como herança que esconde muitos segredos.
Lena havia terminado a high school em Orlando – Flórida, onde morava com seu pai Jim MacLeish, e realizaria seu sonho de atravessar o país em sua primeira viagem sozinha, dirigindo seu próprio carro. Sua mãe havia determinado que essa seria a fórmula idel para se tornar adulta.
No entanto, o que deveria ser uma solitária viagem de autodescoberta, torna-se um grupo em road trip. São os irmãos Bristols que temperam sua aventura com liberdade, descobertas, amores e encontros eternos. Sean, Hanna e Kyle trazem consigo seus próprios inimigos e envolvem Lena numa trama de intrigas, que podem atrapalhá-la de descobrir os segredos deixados por sua mãe ao longo da estrada.
Em meio a sexo, música, amizades, mistérios e paixões eles vão muito além de Los Angeles ou de qualquer outro destino: alcançam o amadurecimento que somente a estrada poderia proporcionar.
Tudo era novo! Nada como a estrada para iniciar uma nova vida.
E a cada milha eles viviam uma aventura diferente...
Resenha
Faz bastaaaante tempo desde que a Anna enviou-me o e-book de Relíquia, mas só recentemente o li. Se eu soubesse que ele me proporcionaria tanta satisfação, com certeza teria o lido antes. Sem mais, vamos a história desse livrão...

Quando descobriu o câncer e soube que não tinha mais muito tempo de vida, Renata MacLeish elaborou um roteiro para sua filha, Annelena. O mapa do tesouro, como Lena passou a chamá-lo, é um livro feito à mão e que continha os caminhos pelos quais sua filha deveria seguir quando fosse para a faculdade. Nele ela colocou o itinerário de Lena, onde ela deveria fazer suas paradas, quais músicas deveria ouvir, o que não poderia deixar de conhecer e, inclusive, os poemas que deveria ler. 

Seguindo o desejo da mãe, o livro ficou intacto até que Lena completou 18 anos. Assim que termina a high school, então, ela inicia sua jornada. O destino é UCLA, onde cursara medicina, mas seu caminho até lá será longo: Annelena terá que atravessa o país dirigindo, levando apenas seu mapa e sem muito dinheiro, comida ou bagagem, para realizar o sonho seu e de sua mãe.
“Soledade era um termo da mina mãe. Renata dizia no mapa que soledade era a boa solidão, aquele retirar-se de si mesmo que todos precisamos a fim de refletir e crescer mentalmente. Uma solidão valiosa [...] não a solidão que machuca a alma.”
A jornada de Lena promete muitas aventuras, mas nada a preparou para o que virá. A começar pelo fato de que nem passou pela sua imaginação que não completaria essa jornada sozinha. Os irmãos Sean, Hanna e Kyle serão os primeiros a entrar com ela nessa. Mas eles não serão os únicos, mais gente percorrerá os mesmos caminhos, inclusive inimigos.

Não mais sozinha, em uma trama repleta de aventura, experiências inesquecíveis, novas amizades, e até amores, sexo e música, Lena irá perceber que esta não é apenas uma viagem de amadurecimento, autoconhecimento e liberdade. Há algo mais a ser encontrado. Tudo indica que sua mãe quer que ela encontre algo? E, se sim, o que será?...
“Só terei paz quando você encontrar o que preciso que você procure.”
Já digo que essa foi uma das minhas melhores leituras desse ano, não apenas por suas diversas características positivas, mas também por seus vários pontos especiais para mim. Eu tinha lido um outro livro da Anna CMS, Não Mereço Ser a Única, e gostei bastante, mas esse, sem dúvidas, me agradou muito mais. 

Através de uma escrita ótima – divertida, fluída e empolgante –, a autora insere o leitor na jornada de Lena, fazendo com que ele cruze a barreira literária e sinta-se um personagem na trama. Trama a qual me deixou completa e especialmente apaixonada. Na minha lista de sonhos “um pouquinho impossíveis mas possíveis” está, de certa forma, viver o que Lena viveu. Partir em uma jornada, com pouco, mas com uma imensidão de objetivos: conhecer lugares, pessoas, culturas, com uma playlist daquelas... Assim que eu vi que meu sonho estava li, sendo descrito, haha, eu percebi que amaria a leitura. 

Como se não bastasse, muitos dos lugares pelos quais Lena e sua “caravana” passou, são lugares que desejo fortemente em conhecer – quase explodi de felicidade quando li que eles estavam pelas estradas do meu Texas e do pelo Alabamaaa! – , e os outros, que não eram, com certeza passaram a ser. Outro ponto marcante que colaborou com minha satisfação foram as lendas das estradas – fiquei fascinada com a lenda dos motoqueiros guardiões da Route 66 – e o quê sobrenatural que também está presente.
“Viver a vida sem aventura é uma tolice sem tamanho. Devemos e podemos nos aventurar! Realizar sonhos. Os nossos e os daqueles que já partiram, deixando seu legado como exemplo...”
Além disso, os personagens também são encantadores. Não falar sobre cada um, é claro, até porque, haja paciência para acompanhar minha empolgação, mas informo que é impossível não gostar um pouco, pelo menos, de cada um. Principalmente após morrer de rir com suas experiências. E que situações... Porém, confesso que me decepcionou um pouco Sean, que é fofíssimo, chamando outras mulheres de barangas, vadias etc. Simplesmente me incomodava.

Além da amizade formada entre o grupo, o romance também rola à solta. E o legal é que apesar da história girar em torno de Lena, principalmente, todos os outros possuem uma história significante e são fundamentais no livro.

O final do livro me deixou de queixo caído. Inclusive, assim que finalizei a leitura tive que ir correndo gritar com a autora. haha A Anna não teve piedade do leitor: um gancho daqueles!

Acima de tudo, Relíquia foi, para mim, uma leitura inspiradora. Se eu morrer e não viver algo perto disso eu volto pra terra. E, claro, uma tremenda aventura!
“A estrada obriga o viajante a se conectar com seu íntimo...”

19.11.17

Divulgação | Os Cinco do Ciclo - Elias Flamel

Neste – lindo e chuvoso – domingo, venho apresentar a vocês uma nova obra! Desta vez, Os Cinco dos Cilho, uma fantasia de Elias Flamel.

Conheça:
Sinopse: Yosef de Keltoi. Presenteado na infância, por uma de suas mães, com um tesouro de muitas páginas. Cresceu com pouco, encontrou o seu amor e ao lado dela teve que instigar uma revolução entre trabalhadores do campo. Sua vitória não foi perfeita, pois falhou contra os deuses que tanto venerava. Assim, o líder de uma vila pequena, e quase oculta entre os quatro cantos do mundo, vive o começo da sua velhice.
Não reclama de ter vivido muitos ciclos e é servo de um império que pintou de rubro nações que ousaram ser grandes. Sempre preocupado com o seu povo e com a sua família. Qual vem primeiro? É uma pergunta que necessita de tempo e páginas para ser respondida. Hitalo, o mais velho dos seus filhos, exige mais firmeza com os homens do campo. No auge da juventude, o divertido e criativo Yohan deseja provar para o seu pai que é um homem feito. Morgiana, companheira de luta, enxerga muito além do que os olhos podem ver e deseja alertar o seu amado Yosef a respeito de algo muito difícil de fugir.
Yosef parte para Numitor, sua viagem tem como destino a capital de todo o império, lar dos homens de togas brancas que praticam um culto conhecido pelas eras. E esses mesmos homens possuem legiões em seu poder. Era para ser somente mais uma viagem dos tributos, mas o homem comum ouve boatos que colocam em risco o seu lar, a sua cultura e as suas crenças. Uma ajuda é mais que necessária, mas aqueles que são os mais poderosos e dotados de uma sabedoria milenar começam a pedir socorro. Só Yosef, o líder, pode salvar o que tanto ama.
Ao tentar, é exposto o seu passado manchado, ele reencontra velhas amizades e conhece desejos guardados dentro do peito de um dos seus filhos. Sua vontade de ter o que tanto deseja fará Yosef se embrenhar pelas ruas do império. Será preciso conviver com ladrões, fardados de rubro, uma sociedade que ama a prata e o ouro e terá de lutar até mesmo contra a fúria da natureza.

Sou um no meio de tantos. Nascido em São Paulo capital, 28 anos, formado em designer, pós-graduado em escrita criativa e análise literária. Publiquei o meu primeiro livro Kriguerkan como Wesley Nunes, por uma pequena editora chamada Biblioteca 24 horas. Não sou um pokemon, mas evolução na escrita e no contar histórias me fez adotar um novo nome, um pseudônimo, melhor dizendo.
Mesmo mais maduro e tentando sempre ter mais intimidade com a escrita não abandonei as paixões e as fantasias da infância, elas que moldaram a minha personalidade.
Aficionado por mitologia, desde a grega até a africana. Vejo genialidade em Hamlet e no Batman. Por tanto tempo esperei, e confesso somente para os íntimos que ainda espero a carta de Hogwarts (no mundo bruxo existe tanto coruja destrambelhada). É difícil, quase impossível não se inspirar com O Senhor dos Anéis, porém não quero imitar esta obra e sim aprender com quem a escreveu. Se estou com dinheiro, compro tudo que tenha em alguma parte o nome Alan Moore. Já vivi Cem anos de Solidão e ela pouco melhorou quando conheci o Admirável Mundo Novo. Enquanto aguardava o novo livro de George R.R. Martin conheci Patrick Rothfuss e a ansiedade logo duplicou. Desculpe pelo excesso de palavras, antes de ser autor, sou um leitor e são raras as vezes que consigo parar de falar.
Caso você tenha chegado até esta linha, muito prazer! Sou Elias Flamel e a probabilidade de tornarmos amigos é muito grande, pois você já me conhece muito bem.

14.11.17

Divulgada capa de War Storm, quarto e último livro de A Rainha Vermelha

Aaaaaaaaaaaaaa!
Ontem a Epic Reads disse em sua conta no Twitter que tinha uma novidade "eletrizante" para hoje (14/11). Era esperado que fosse a capa, principalmente após a Victoria (autora) e a Elizabeth Banks (produtora da adaptação cinematográfica) interagirem no tweet, mas nada podia nos preparar para esse "raio" de capa.❤️
Confiram: 

War Storm (Tempestade de guerra, em tradução livre), tem previsão de publicação nos Estado Unidos para o dia 15 de maio de 2018. A editora Seguinte, que publica a série no Brasil, já anunciou que vai fazer de tudo para lançar War Storm simultaneamente no Brasil.

13.11.17

Resenha | Intenso & Misterioso - Mary Oliveira

Título: Intenso & Misterioso
Autor(a): Mary Oliveira
Gênero: Literatura Nacional - Romance Policial
Páginas: 757 | Comprar: Amazon
Avaliação:
Sinopse: Tudo que Dolores Dias queria era ter um relacionamento casual e descomplicado. Após ceder aos seus desejos, ela se vê em meio a um fogo cruzado... O que era para ser algo simples, havia se tornado perigoso.
Aaron é um homem misterioso e ela pretende desvendar cada mistério que o envolve, por esse motivo não cede quando o passado ressurge para perturbá-lo. Ciente de que deveria manter-se longe, Dolores decide ignorar a razão, resolve ficar e ajudá-lo — mesmo que o motivo para tal decisão seja uma incógnita.
Em meio às descobertas, percebe que sua vida estava ligada ao passado de Aaron antes mesmo de conhecê-lo e seu futuro, por mais que não saiba, será afetado por ele.

Layout por: Adorável Design