31.7.18

[ESSENTIAL BOOK] Julho - A essência do livro nacional preferido

Não sei se já conhecem, mas o Essential Book é um projeto criado pela autora e blogueira Nina Spim, que tem como objetivo mostrar a essência do tema proposto através de fotografias. Este mês, por exemplo, tem como tema A essência do livro nacional preferido; e, após sofrer bastante com a dúvida, escolhi Perdida, da Carina Rissi.

Perdida foi um livo que li sem expectativas, muito "do nada"... Simplesmente comecei e, logo, percebi que o livro já tinha me envolvido por completo.


Escolhi Perdida principalmente pelo fato de ele ter sido o livro que me fez ver, finalmente, que nossa literatura era maravilhosa, sim! Na época em que eu o li, ainda tinha certo preconceito com livros de autores brasileiros. Mesmo já lendo (alguns poucos) nacionais, e gostando, eu tinha em mente que a literatura estrangeira era melhor, porque sim. E após ler Perdida, e ver o quanto era maravilhoso, o quanto eu me apaixonei por tudo, eu acordei. Depois dele, passei a ler muito mais nacionais, consequentemente, encontrar muitos outros livros da nossa literatura que me agradassem muitooo.

29.7.18

Resenha | Tempestade de Guerra - Victoria Aveyard


Título: Tempestade de Guerra | Autora: Victoria Aveyard
Gênero: Distopia | Editora: Seguinte | Páginas: 699
Avaliação: ★★★★★
Sinopse: Mare Barrow aprendeu rápido que, para vencer, é preciso pagar um preço muito alto. Depois da traição de Cal, ela se esforça para proteger seu coração e continuar a lutar junto aos rebeldes pela liberdade de todos os vermelhos e sanguenovos de Norta. A jovem fará de tudo para derrubar o governo de uma vez por todas — começando pela coroa de Maven. Mas nenhuma guerra pode ser vencida sem ajuda, e logo Mare se vê obrigada a se unir ao garoto que partiu seu coração para derrotar aquele que quase a destruiu. Cal tem aliados prateados poderosos que, somados à Guarda Escarlate, se tornam uma força imbatível. Por outro lado, Maven é guiado por uma obsessão profunda e fará qualquer coisa para ter Mare de volta, nem que tenha que passar por cima de tudo — e todos — no caminho.

28.7.18

Nunca Olhe Para Dentro será lançado na Bienal de SP em versão física

Há pouco mais de um ano, após deixar os fãs ansiosos para conhecerem "Nunca Olhe Para Dentro", a autora lançou o livro na Amazon. NOPD ganhou o coração de todos, por ser um livro lindo, emocionante e, ao mesmo tempo, repleto de mensagens importantes. ❤

O livro traz um romance apaixonante, mas também aborda temas sérios, como violência doméstica, de uma forma muito tocante e reflexiva. Além disso, outro ponto singular em NOPD é o fato de a protagonista tratar as cores de uma forma especial, dando a cada uma significados.

Logo, saber que a Editora Qualis iria lançar o livro físico na Bienal de SP deste ano foi uma notícia maravilhosa tanto para a autora quanto para todos que foram conquistados pela obra!

Confira a sinopse + nova capa que "Nunca Olhe Para Dentro" ganhou para sua versão física:
"Nem sempre a vida é colorida como um quadro ou suave como uma pincelada, às vezes é o contrário de tudo isso. Depois de perder os pais em um acidente de carro aos oito anos de idade, a única coisa que Betina precisa fazer é encontrar o responsável por ter destruído sua família na noite que daria início à sua próspera carreira como pintora. Agora longe dos pincéis e das paletas, ela está focada em terminar a primeira graduação e procurar na justiça um pouco de consolo para o caos que o seu passado ainda traz. Ao lado de seus amigos e sob o teto de uma tia que a detesta, ela perceberá de que cores as pessoas são feitas, e do quanto é realmente necessário olhar para dentro de tudo aquilo que a assombra, mesmo que para isso precise passar por uma inesperada decepção."


"Entre outras, essas são as lembranças que eu guardo na minha caixa proibida. Nunca olhe para dentro. Você não pode olhar para dentro. Independentemente do que vier a acontecer, eu não preciso enfrentar todas as memórias armazenadas lá. Eu já as revivo demais na minha própria cabeça."

+QUOTES DO LIVRO
RESENHA
SKOOB


Ah, e autora estará presente na Bienal durante todos os dias! 

26.7.18

Conheça a série "Os Rokesbys", de Julia Quinn

Eu respiro, e a Julia Quinn escreve um livro novo! Não que eu esteja reclamando... 

Recentemente, a Editora Arqueiro divulgou a capa e a sinopse de "Uma Dama Fora dos Padrões", primeiro volume da série "Os Rokesbys", que será lançada no início de agosto aqui no Brasil.

Essa série  se passa no final dos anos 1700, e surgiu após muitos fãs pedirem a autora para que ela escrevesse mais livros sobre a tão querida e divertida família Bridgerton; ela se animou em revisita-los, porém, não narrando a história de uma outra geração, como muitos esperavam.

Segundo a autora, ela se viu muito mais interessado na era georgiana do que no início da era vitoriana, então decidiu voltar ao passado. Nessa trilogia (são três livros, até o momento), os protagonistas da trama são os Rokesbys, vizinhos e grandes amigos dos Bridgertons. Inclusive, eventualmente, a autora dá uma olhada em Edmund e Violet Bridgerton antes de se casarem, e  até confessou que esse era um dos seus ebjetivos ao criar a premissa de Rokesby.

Ah, nesse primeiro livro, a protagonista é Sybilla (Billie) Bridgerton, irmã mais velha de Edmund Bridgerton. Ela é mencionada em "O Florescer de Violet", um dos contos presenter em "E Viveram Feliz Para Sempre".

Confira a capa e a sinopse de "Uma Dama Fora dos Padrões":
Às vezes você encontra o amor nos lugares mais inesperados...

Esta não é uma dessas vezes.
Todos esperam que Billie Bridgerton se case com um dos irmãos Rokesbys. As duas famílias são vizinhas há séculos e, quando criança, a levada Billie adorava brincar com Edward e Andrew. Qualquer um deles seria um marido perfeito... algum dia.
Às vezes você se apaixona exatamente pela pessoa que acha que deveria...
Ou não.
Há apenas um irmão Rokesby que Billie simplesmente não suporta: George. Ele até pode ser o mais velho e herdeiro do condado, mas é arrogante e irritante. Billie tem certeza de que ele também não gosta nem um pouco dela, o que é perfeitamente conveniente.
Mas às vezes o destino tem um senso de humor perverso...
Porque quando Billie e George são obrigados a ficar juntos num lugar inusitado, um novo tipo de faísca começa a surgir. E no momento em que esses adversários da vida inteira finalmente se beijam, descobrem que a pessoa que detestam talvez seja a mesma sem a qual não conseguem viver.

22.7.18

Resenha | A Luz Que Perdemos - Jill Santopolo


Título: A Luz que Perdemos | Autora: Jill Santopolon
Gênero: Romance | Editora: Arqueiro | Páginas: 272

Avaliação:★★★★☆
(Cedido pela editora)
SinopseLucy e Gabe se conhecem na faculdade na manhã de 11 de setembro de 2001. No mesmo instante, dois aviões colidem com as Torres Gêmeas. Ao ver as chamas arderem em Nova York, eles decidem que querem fazer algo importante com suas vidas, algo que promova uma diferença no mundo.
Quando se veem de novo, um ano depois, parece um encontro predestinado. Só que Gabe é enviado ao Oriente Médio como fotojornalista e Lucy decide investir em sua carreira em Nova York.
Nos treze anos que se seguem, o caminho dos dois se cruza e se afasta muitas vezes, numa odisseia de sonhos, desejo, ciúme, traição e, acima de tudo, amor. Lucy começa um relacionamento com o lindo e confiável Darren, enquanto Gabe viaja o mundo. Mesmo separados pela distância, eles jamais deixam o coração um do outro.
Ao longo dessa jornada emocional, Lucy começa a se fazer perguntas fundamentais sobre destino e livre-arbítrio: será que foi o destino que os uniu? E, agora, é por escolha própria que eles estão separados?

"Sussuro", primeiro livro da série "Hush Hush", será adaptada para o cinema!

Filme de "Hush Hush"?! É isso mesmo!
E dessa vez vai dar certo! (Awoman!)

Provavelmente, você já escuta isso há um tempão, mas esqueça tudo o que passou (Já haviam anunciado uma adaptação, mas a autora não aprovou o roteiro e tudo foi cancelado. E é isso!), e foque nas novidades. Pois, recentemente, a notícia foi divulgada pelo Variety e confirmada pela autora em seu perfil no Twitter:

"Um enormebrigada à @bcdfpictures por acreditar em HUSH, HUSH. Foi incrível trabalhar com vocês. Não tenho como ficar mais feliz. Oba! Vamos fazer um filme em breve."

Layout por: Adorável Design