4.7.18

Resenha | Corte de Névoa e Fúria - Sarah J. Maas

Título: Corte de Névoa e Fúria | Autor(a): Sarah J. Maas
Gênero: Fantasia, Romance | Editora: Galera Record
Páginas: 658| Adicione no Skoob | Avaliação:★★★★★❤
Sinopse: O aguardado segundo volume da saga iniciada em Corte de espinhos e rosas, da mesma autora da série Trono de vidro Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.
Resenha
Às estrelas que ouvem e aos sonhos que são atendidos.

Durante a leitura de Corte de Névoa e Fúria eu já sabia que ele se tornaria especial para mim. Mas, ao fim, eu tive certeza de que nunca havia lido um livro tão... perfeito! 
Eu adiei está resenha o máximo possível, pois dói me segurar para não acabar soltando algo que não deveria, quando minha vontade é expressa meu amor pelo livro falando para vocês sobre cada detalhe dele. 
“— Há dias bons e ruins para mim... mesmo agora. Não deixe que os dias ruins vençam.” 
Eu até hoje (meses após ter lido esta serie e ainda acompanhar tudo sobre) não me recuperei da virada  incrível que essa série deu, do desenvolvimento impecável de TUDO. A escrita da Sarah é intensa pra caramba, como eu nunca havia lido. É incrivelmente apaixonante, deixa um total de zero momentos maçantes; é divertida, simbólica, poética e MARAVILHOSA. A capacidade dessa mulher é impressionante, só assim para esse livro ter nascido.

O livro anterior é tão bom que fez com que eu adorasse a série, e, mesmo assim, posso dizer tranquilamente que este coloca o primeiro no chinelinho. Eu chorei incontrolavelmente em muitos momentos (OTP, culpados!), e não teve nenhum em que eu não me senti completamente envolvida. 
“— Mas você não era Grã-Feérica, não no início. Então, como a chamam? — Eu não consegui sentir se foi uma alfinetada.
— Feyre é quem ela escolher ser — respondeu Rhys.” 
Sobre os personagens... Eu gostaria de fazer uma lista para cada um dos que me conquistaram em Corte de Névoa e Fúria, mas haja-me dedos. A autora desenvolveu já conhecidos personagens e criou novos de forma tão impecável que muitos merecem um parágrafo de exaltação – que infelizmente não farei, não aqui. Não falarei sobre nenhum de forma pessoal, apenas no geral: maravilhosamente bem construídos. 
“— Merecemos um ao outro. E merecemos ser felizes.” 
Não preciso ler uma declaração da autora para saber que ela é uma feminista convicta. Disso há provas de sobra neste livro. Algo que eu gostei muito em Corte de Névoa e Fúria foi o fato da Sarah não apenas ter colocado personagens femininas fortes e fodas (o que já é maravilhoso), mas também ter inserido na própria narrativa, sem ser nas entrelinhas, mas sim explicitamente, que elas são fortes, únicas donas de si e que podem tudo. E EU AMO SARAH J. MAAS TAMBÉM POR ISSO!!! O “discurso” feminista vai além também ao tratar sobre relacionamentos abusivos e toda a merda que isso acarreta na vítima. 

Por falar em relacionamentos, o romance é o mais maravilhoso que já tive a oportunidade de ler! Só lendo para sentir a intensidade de tudo, e o porquê. Além disso, o relacionamento familiar e a amizade não perdem espaço. Tudo isso é bem marcante neste segundo livro da trilogia.
"— A Corte do Sonhos é fundamentada em três coisas: defender, honrar e preservar." 
Não quero me prolongar mais, então... Corte de Névoa e Fúria é um livro maravilhoso em todos os aspectos. Esse é um dos livros que, mesmo sendo ficção, passa para o leitor boas mensagens e pode, com certeza,  inspirar a ser alguém melhor. também é daqueles livros que faz a gente querer sair marcando tudooo, pois é cada quote hinooooo!. Quotes que tenho vontade de tatuar na testa. Eu precisaria mais que uma curta resenha para falar tudo o que penso em relação ao livro, talvez a mesma quantidade de página quem tem Bíblia bastaria. 
“— Tamlin não vai permitir.
— Tamlin não é seu dono, e você sabe disso.
— Sou súdita dele, e ele é meu Grão-Senhor...
— Você não é súdita de ninguém.”



Nenhum comentário

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita, espero que tenha gostado!
Opiniões, sugestões, críticas... fiquem a vontade, mas com respeito.❤❤

Layout por: Adorável Design