29.9.16

RESENHA: O CÉU É LOGO ALI - LILIAN FARIAS

“Ninguém vê uma borboleta no casulo. O primeiro voo só pertence a ela.”

Título: O céu é logo ali
Gênero: Literatura Nacional
Autora: Lilian Farias
Páginas: 126
Editora: Divas
Ano: 2011
ISBN: 987-857-961-518-2

Avaliação:
Sinopse
"O céu é logo ali representa a liberdade que são as borboletas e nos pássaros. Dolores e Clarice são mulheres que buscam tal liberdade. Dolores é uma mulher de muitas experiências; de vida simples e sem amigos. O único amigo que possui é esquizofrênico e a trata com muito carinho. Clarice é cheia de mimos e sempre teve de tudo, mas o que as liga são suas tribulações de sentimentos e busca por liberdade. Dolores fica encantada com o mais simples dos gestos, um pingo de chuva sobre a pele faz dela a pessoa mais feliz e livre do mundo. Já Clarice tem a vida dos sonhos, porém o destino pode destruí-lo com rapidez. O livro da Lilian é profundo e tocante. Ele nos mostra que devemos aproveitar o momento porque tudo pode acabar em um piscar de olhos." (Fernanda Bezerra)
"Ao adentrarmos nos mundos distintos dessas duas jovens, mergulhamos numa profusa miscigenação de anseios, lutas, estratégias de sobrevivência. A história de duas mulheres que, unidas pelo destino, resolvem aflorar todo fluxo de sobrevivência do "ser", do corpo, da alma, da mente, que advém quando se é permitido ser livre. Liberdade, essa, assemelhada a quem saboreia o voo das borboletas." (Valéria Sabrina)
Resenha

O céu é logo ali, da autora parceira – bloqueira e emponderada – Lilian Farias, nos apresenta duas mulheres, Clarice e Dolores.

Dolores trabalha em uma bar/restaurante, é solitária – teve de aprender ainda nova a se virar sozinha, ama musicas, filmes e sentir as gotas da chuva tocando sua pele. Uma mulher simples. 
“O medo é um fardo muito pesado e jamais poderia alcança-la. Que poderia ser uma lembrança para não ficar cega pela coragem e perder-se nas montanhas do desequilíbrio.”
Clarice é inteligente, tem uma ótima situação financeira, é linda e popular, possui uma ótima autoestima e gosta de viver a vida sem se importar com nada. Bem o oposto de Dolores. Até que veio o acidente. Que acabou por “trocar” a antiga por uma nova Clarice. Agora só havia sofrimento e tristeza para ela. Mas o principal ponto da obra é o que essas mulheres tem em comum. O desejo que mudar e ser livre. Queriam como borboleta ser. Voar.


Para começar sua "transição", Dolores comprou roupas novas – dividindo em várias parcelas –, começou a usar suas maquiagens e arrumar melhor o cabelo. Decidiu se auto valorizar. Viver. Viver uma vida e até um romance, que nem lembrava-se mais como era.
“Dolores jamais poderia reescrever o passado, então, reescreveria o presente.”
Já para Clarice, era mais difícil e limitado, graças ao acidente. Mas ainda acreditada que um dia iria se metamorfosear e, então, livre – da tristeza, dor, e tudo que lhe fazia mal – poder voar.

Além dessas duas mulheres, lagartas tomando forma, também conhecemos Clementino, um homem/criança esquizofrênico que era o único amigo de Dolores; Luís, o namorado de Clarice, entre outros...

***
Intrínseco, meditativo e ótimo! 
O céu é logo ali foi uma leitura mais que profunda. Já começo dizendo pelo que mais gostei, a escrita da autora. Ao ler Mulheres Que Não Sabem Chorar vi o quanto a escrita da Lilian era poética, mas agora percebi que havia sido apenas uma prova desse seu dom. Nesse livro está ainda mais filosófica e profunda; ataca o leitor com as garras e não solta até ele sentir, pensar sobre, e associar o que esta lendo com a própria vida – pelo menos foi o que aconteceu comigo. Inclusive, mesmo quando não estava lendo, sempre me pegava  pensando sobre algo que li.


Confesso que rápida não é o melhor adjetivo para a narrativa do livro, mas sim, reflexiva. Mesmo com poucas páginas demorei um pouco para finalizar a leitura, e acredito que foi justamente por esse motivo, já que várias vezes me perdia nas mensagens e acabava me esquecendo da história em si. Mas, confesso, não me importei muito com isso já que valia a pena. Eu já não lia, sentia. Eu queria. Queria voar também. Fiquei encantada com os pensamentos da autora! Tanto que, enchi o livro de marcadores. É uma citação mais incrível que outra. (Acho que vou ter que fazer um posto especial com os quotes! )
“Quando sonhar é a nossa única opção o melhor é que seja com muito amor.”
O único motivo para ele não ganhar o total de estrelas foi o fato de eu ter me sentido confusa em alguns momentos, uma das razões foi porque me confundia nas narrações. O que, quando eu percebia que não sabia em qual "ponto de vista" estava, fazia com que eu me perdesse. Fora isso, vale muito a pena ler. O leitor que finaliza a leitura, provavelmente, será diferente do que o que a início. Eu sou.
“Quem interrompe o processo de metamorfose, deixa uma borboleta sem asas.”
Esse livro nos traz a história de Dolores e Clarice, mas refletem em muitas. Muitas que anseiam ser como borboletas. Serem livres para poder se ser. E mostrando isso, nos mostra como mudar faz parte; que os momentos devem ser vividos e apreciados como se fosse o último – quando a chuva cai; quando o sol que nasce....
“Quem inventou a chuva sabia de sua utilidade de lavar almas?”

Apesar de ter me decepcionado um pouco em relação a historia, e a organização, ele superou as minhas expectativas se tratando das reflexões. O Céu é logo ali é um livro repleto de frases cheias sentimento, digno de cabeceira; daqueles que a qualquer momento o leitor pode folhear e refletir.

Espero que não tenha ficado confuso, alias até eu estou um pouco. Mas resumindo... O livro trata-se da busca pela liberdade, mas trata também de vários outros assuntos que fará com que o leitor se identifique. A leitura está mais que indicada, principalmente para os amantes de escritas poéticas e reflexões. A Lilian arrasa!
“Ninguém cala uma voz que foi sufocada e que está pronta para o primeiro grito.”

29 comentários

  1. Lilian escreve bem já dá para perceber no blog dela.
    Acho que esse livro além de trazer histórias profundas e amizades, é um livro que nos faz refletir.
    Apesar da narrativa te fazer ficar um pouco confusa, acredito que não tenha tirado o brilho da obra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Traz muitas boas reflexões. Não tirou mesmo! :)

      Excluir
  2. Oiii lindinha, como vai?
    Esse livro é realmente fascinante, já tive oportunidade de realizar a leitura, sou apaixonada pela maneira em que a Lilian escreve, me encanta em cada linha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu também gosto muito. Ela sabe como tocar o leitor! ❤

      Excluir
  3. OI Catrine, eu não conhecia a Lilian nem tinha ouvido falar desse livro, mas confesso que me pareceu muito interessante. Além do titulo que é muito chamativo a sua resenha despertou meu interesse. Talvez eu leia ele sim.
    http://www.facesemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena conferir algo da autora! ❤ escrita apaixonante! Espero que tenha a oportunidade e goste.

      Excluir
  4. Oi, li esse livro esse ano e amei a leitura, a Lilian tem um jeito poetico e filosofico de escrever que acho incrivel e ela consegue nos tocar com suas palavras e falar conosco através de seus personagens, eu amei a leitura.
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmm,sabe muito bem! ❤ Sai marcando um monte de frases. haha

      Excluir
  5. Olá Catrine, li águas resenhas desse livro, é uma história intensa e bem complexa, mas gosto do lado reflexivo da Líliam, espero um dia ler essa livro. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Catrine, esse livro parece ser lindooo! Amei a resenha e fico cada vez mais curiosa com a escrita da Lilian! Liberdade, sonhos, sentir... Belos motivos pra me fazer querer embarcar já nesta leitura!
    Parabéns pela resenha!

    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Yohana! :)
      É lindo sim, e a escrita da Lilian é muito amor ❤

      Excluir
  7. Olá! Eu também adorei esse livro e saí mudada após a sua leitura. Acho que Lilian sabe ser profunda e leve na medida certa e nos faz realmente sair do chão com as reflexões, questões e problemas dos personagens, que são um pouco os nossos também. Mas a maneira como é abordada faz com que tenhamos respostas e novos pontos de vista, cria possibilidades. Em fim, adorei a leitura e fico feliz por você também ter gostado.
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super concordo, Karla! ❤ Não tem como não assimilar os problemas da vida dos personagens com os nossos próprios, por isso a reflexões caem como uma luva.

      Excluir
  8. Oi Catrine.

    Eu adorei sua resenha, pois trouxe um livro que eu não conhecia e deixou muita vontade de ler. Pelas citações mostrou que é um livro profundo com várias reflexões que vale a pena conferir. Dica anotada.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!! :D ❤ Sim, há muitas reflexões, todas ótimas.

      Excluir
  9. Oii, tudo bem?

    Adorei sua resenha sincera. Vou aderir à dica porque adoro livros que nos fazem refletir.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Acho a Lilian uma graça, mas ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro dela. Achei a capa linda, a diagramação bem feita e pelo que li na resenha você gostou da organização. Mas pelos pontos negativos acabei não animando a começar por esse livro.
    Parabéns pela resenha, ficou ótima.!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena que não se animou! Simm, a capa é lindaa ❤

      Excluir
  11. O título desse livro me chamou a atenção de primeira.Eu acredito que vi ele em destaque no Skoob e ele me chamou a atenção mas nem vi que era de uma autora brasileira.
    Não conheço essa semana escritora mas parece que é um livro muito bonito. No começo da resenha até lembrei um pouco do livro "A cidade do sol" .
    Parece ser um livro bonito ♥
    Eu também fico confusa quando alternam muito o ponto de vista, principalmente quando tem mais de dois personagens .
    Ótima resenha

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! :)
      É um livro bem bonito mesmo, as mensagens que ele passa são maravilhosas! ❤

      Excluir
  12. Oie Catrine.
    Ainda não tinha ouvido falar sobre esse livro e achei a capa bem fofinha.
    Essa questão de ficar alternando as narrativas não me agrada muito, mas dependendo de como é desenvolvida eu até q relevo.
    A sinopse não me entusiasmou muito e o fato de vc falar q em alguns momentos ficou perdida acabou não me deixando tão curiosa por essa leitura. Quem sabe em outro momento...
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Embora nesse isso tenha me confundido um pouco, amo essa alternância. haha

      Excluir
  13. Oie Catrine.
    Ainda não tinha ouvido falar sobre esse livro e achei a capa bem fofinha.
    Essa questão de ficar alternando as narrativas não me agrada muito, mas dependendo de como é desenvolvida eu até q relevo.
    A sinopse não me entusiasmou muito e o fato de vc falar q em alguns momentos ficou perdida acabou não me deixando tão curiosa por essa leitura. Quem sabe em outro momento...
    Bjo

    ResponderExcluir
  14. Juro que pela capa eu achava que seria um livro com um romance fofinho e coisa e tal, afinal, a capa é tão lindinha e delicada.
    Não esperava que fosse uma história com tantas reflexões e uma escrita tão intensa e poética. Fiquei na maior vontade de ler o livro.
    Que bom que eu aproveitei uma promoção dele na Amazon e adquiri o ebook... ira ser um dos próximos, com certeza!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  15. oi ^^
    pow muita gente fala super bem dessa leitura e apesar de ter no meu kindle o ebook, eu não consigo ler. achei que era uma coisa, mas é outra e fiquei mega desmotivada.
    de qualquer forma gostei da sua opinião. Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita, espero que tenha gostado!
Opiniões, sugestões, críticas... fiquem a vontade.❤❤

Design por: Adorável Design

Adaptação por: Estante Mineira