28.2.17

Resenha | Guardião do Medo - Michelle Pereira

“Ainda estou tão cheio de ódio... Não sei mais viver sem ele. Porem, não quero mais tê-lo dentro de mim.”
GUARDIÃO DO MEDO MICHELLE PEREIRATítulo: Guardião do Medo Autora: Michelle Pereira
Gênero:  Literatura Nacional - Fantasia, Drama, Romance
Páginas: 250 | Editora: Garcia Editora | Comprar: Garcia | Amazon
Avaliação:  Adicione no seu Skoob
Sinopse
Alexander está morrendo pouco a pouco em um hospital. O câncer está consumindo seu corpo por dentro, minuto a minuto. E ele quer morrer logo. Rápido. A vida que ele viveu não deixa dúvidas de que o Inferno é sua próxima parada, mas ele não contava que um anjo viria ajudá-lo. Raya, a Guardiã, de asas negras, olhos azuis e mistérios e mais mistérios. Contudo, o que ele deveria pensar quando seu anjo protetor está escondendo algo importante? E quando tenta matá-lo?
Em meio à loucura, aos pesadelos desesperadores e às perdas cada vez mais frequentes, ele se vê dentro de uma disputa muito além do imaginável, entre os Guardiões da Criação e as Filhas de Daemon. Ele é importante, para ambos, tanto para a Luz quanto para as Trevas. Porém, qual será a melhor escolha? Viver imerso nos segredos e omissões de Raya ou ser inundado pelo poder extasiante do Inferno?
Resenha
GUARDIÃO DO MEDO MICHELLE PEREIRAAlexander vive há três anos em um hospital, pois, apesar dessa não ser sua escolha, era isso morar na rua, onde não ofereceriam sessões de quimioterapia para controlar seu câncer e suas metástases. Sem muita expectativa de vida, ele só aguarda a morte vir buscá-lo; mas sem abandonar seus únicos companheiros, o ódio e o péssimo humor, que vivem ao seu lado desde sua infância cruel e sofrida.
“O quarto de um hospital não precisa ser bonito, nem aconchegante. Ele não precisa ser um lar. Não deve parecer um lar. Ele precisa passar a sensação de que precisamos fugir dele, de que precisamos ter medo dele. [...] Porém, essa regra não se aplicava a mim. Aquele era o meu lar.”.
GUARDIÃO DO MEDO MICHELLE PEREIRA
Porém, tudo muda quando surge uma jovem de olhos azuis gentis, cabelos dourados e asas negras em seu quarto, dizendo ser sua guardiã e que veio com o intuído de ajudá-lo a se redimir. Seria uma alucinação causada pelos remédios, ele estava ficando louco depois de tanto tempo no hospital, ou, realmente, ela era o que dizia ser?

Ele não tem certeza sobre nada, mas a ouve. Aliás, sem família ou amigos, o fruto de sua loucura pelo menos faria-lhe companhia...
“— Você é o Anjo da Morte? [...]
— Não, não sou o Anjo da Morte, Alexander.
— Então o que você é? [...]
— Sou a sua Guardiã e estou aqui para ajudar.”

Raya continua frequentando o quarto de Alexander, o que faz com que ele, aos poucos, passe a acreditar na sua existência. Contudo, com a proximidade dos dois, o jovem começa a perceber que a Guardiã possui muitos segredos, e após algumas experiências não muito boas, ele acha mais seguro não confiar totalmente nela Além disso, há uma mancha de sangue em seu quarto, a qual não deixa-o em paz. O que era aquela mancha, e porque ela vivia se movendo, como se estivesse o atraindo? 
“— Sabe qual a melhor maneira de dobrar uma pessoa? Enlouquecendo-a.”
Entretanto, em meio a tantos problemas, mistério, desconfiança e dor, Alexander põe-se a repensar sobre seu comportamento e refletir sobre sua vida, deixando que a barreira que criara ao seu redor vá se fragmentando pouco a pouco. Algumas outras pessoas entram em sua vida, provando-lhe que nem todas as pessoas são terríveis como ele acreditava há pouco tempo, e que a bondade existe.
“Você precisa olhar ao seu redor, nem todos são ruins como pensa. Ainda existem seres humanos decentes andando sobre a Terra.”
Enquanto isso, as duas forças, o bem e o mal, lutam por sua lealdade. Mas após tantos anos vivendo sob o ódio, potencializando o mal, Alexander teria forças – e tempo – para mudar?

GUARDIÃO DO MEDO MICHELLE PEREIRAEm Guardião do Medo, Michelle Pereira nos apresenta um novo mundo, seres e mitologias, repletos de originalidade e mistério.

Os personagens criados pela autora são muito marcantes. Poderia falar o que gostei e o que não gostei em cada um, mas para não tornar isso aqui maior do que já está, vamos focar no protagonista – me perdoem Lúcia (maravilhosa), Mateus, Marcela e dona Cecília (uma senhorinha muito importante)...

Alexander é um cara muito difícil. Inicialmente, a autora nos mostra o quanto ele odeia o mundo por só tê-lo feito tanto mal desde criança, mas isso contribuiu muito para que o desenvolvimento e evolução do personagem fossem ainda melhor. Mesmo com a metamorfose do protagonista, não houve superficialidade, pois a Michelle soube caminhar antes de correr. Inclusive, um ponto muito bom foi o fato de Alexander não aceitar a existência de Raya logo de cara; a relutância dele deixou tudo mais real.

A escrita da autora é ótima! Além de fluída e envolvente, ela consegui muito bem passar ao leitor as emoções e sensações das cenas e dos personagens. Esse ponto é bastante notável quando se tratava da dor que o Alexandre sentia, tanto física quanto emocionalmente. As descrições do que ele sente deixa o leitor aflito – como se estivesse sentindo o mesmo – e, ao mesmo tempo, completamente submerso na leitura.
“A morte é uma amiga apenas quando dá uma festa surpresa particular para você. Quando ela não deixa você sofrer. Do contrário...”
Guardião do Medo traz um prólogo sensacional e instigante, apresentando a história sobre os Guardiões da Criação, as Filhas de Daemon e os Vórtices. Ele está bastante explicativo e envolvente. Apesar desses seres já terem aquela base “anjos e demônios”, há um ar
 totalmente novo, por conta da história por traz deles e a aplicação na trama do livro.

Essa foi uma ótima leitura, para mim. A Michelle arrasou na escrita, na criação dos personagens e da mitologia... Com bastante drama, fantasia e mistério, ela fez de um livro que se passa – quase que 100% do tempo – em um hospital, algo envolvente e interessante, e que também passa ótimas mensagens sobre a vida e "o viver".

Indico o livro para quem gosta de um bom drama e  fantasia.

Eminha nossa! Essa capa está maravilhosaaa!
“Quanto tempo será que falta para meu corpo definhar e ninguém ganhar essa disputa sobre mim? Nem Bem nem Mal? Embora eu ache que apenas o Mal estava trabalhado para me pegar.”
GUARDIÃO DO MEDO MICHELLE PEREIRA

38 comentários

  1. Oi, Catrine!
    Adoro dramas e de início foi isso que me chamou a atenção quando você falava do livro. Gosto de fantasia, mas leio pouco o gênero. Mas o caminho encontrado pela autora para inserir esses elementos na trama me agradou bastante! A dificuldade do personagem em lidar com o momento que está vivendo, sua relutância em acreditar na existência do bem parecem ter sido bem trabalhados. Gosto de histórias que exploram a parte psicológica dos personagens e isso parece ser o caso de "Guardião do medo".

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que esses pontos e agradaram, Carla!se gosta de drama e essa exploração da parte psicológica, mesmo não leno muito fantasia, super te indico Guardião do Medo. :)

      Excluir
  2. Oi Catrine, tudo bem?
    Adoro drama, mas fantasia não é o meu forte, mas esse livro me interessou. Achei a sinopse um pouco confusa, mas sua resenha esclareceu alguns pontos. Confesso que pela sinopse não compraria o livro e a capa também não ajuda muito, mas adorei sua resenha e fiquei super curiosa sobre o enredo! Parabéns e dica anotada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que consegui despertar seu interesse!
      Meninaaa, eu amo essa capa! hahahah

      Excluir
  3. Olá Catrine!
    Adorei sua resenha e as considerações, gosto muito da mistura do real, fantasia e mitologia.
    Vou anotar essa dica pois fiquei com muita vontade de ler essa obra que até então não conhecia.

    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Eu também amooo essa mistura! haha
      Anota mesmo, não ira se arrepender.

      Excluir
  4. Catriiiiiine! Que resenha ahazzante!
    Fiquei emocionada com o carinho em suas palavras e em como você conseguiu conferir tanta profundidade ao livro em algumas linhas!
    Obrigada demais por todo o apoio, por ter lido e gostado de Guardião. Isso é muito importante para mim! <3
    Mil beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Micheeeelle! Obrigada (Pelo comentário e pela confiança que colocou na gente)! ❤
      Fico feliz que tenha gostado, é só minha sincera opinião. Não tenho culpa se o escreveu tão bem. haha

      Excluir
  5. Eu conheço o livro mas ainda não o li, gostei da sua resenha e estou bem curiosa para realizar a leitura. Ah, concordo com você, essa capa está maravilhosa mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! :) Mata essa curiosidade, vale a pena. haha

      Excluir
  6. Oiii Catrine, tudo bem?
    Eu já conhecia o livro e fiquei apaixonada pela sua resenha, fico sempre babando por essa capa e querendo ler com toda certeza, a autora conseguiu me conquistar em todos os momentos!
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo e com você?
      Que bom que gostou, Morgs! ❤ Eu também ficava babando. hahah Felizmente, tive a oportunidade de lê-lo e amei. Espero que também tenha.

      Excluir
  7. Oi, tudo bem?
    Acho legal quando há este questionamento do personagem quanto ao que acontece, quando aceitam logo de cara não fica tão realista. Mão sei se leria o livro, mas gostei da premissa.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica bem mais real! haha Chega um anjo/guardião em seu quarto e você acredita na boa? Não mesmo! kkkk

      Excluir
  8. Oi, Catrine, tudo bem?

    Então, essa premissa sobre o medo e bem x mal me atiça a curiosidade, mas eu tenho tido tantas decepções literárias com esse gênero que tô dando um tempo :/
    Não me agrada essa ideia de que a guria tem que salvar o cara. A descrição dela já me deixa meio desanimada, aliás, pois já dá pra perceber que ela é uma MPDG e que acho personagens femininas assim muito ruins e clichês.
    A capa é linda, sua resenha tá um arraso, mas não me convenceu a querer ler.
    P.S.: todas viciadas em aesthetics, né? Hahahaha.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que as próximas dicas te agradem!
      P.S.: Simmm! kkkkkk

      Excluir
  9. Oi
    O enredo me fez lembrar uns filmes sessão da tarde que via quando era um pouco mais nova, achei bonitinho, apesar de hoje não ser mais meu estilo, sei que há alguns anos, teria devorado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que nunca irei me cansar desse estilo! hahaha Acho...

      Excluir
  10. Que livro lindo! Amei os quotes que você escolheu! Gente... Preciso ler esse livro! Obrigada pela dica!
    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Confesso que comecei a ler a resenha achando se tratar de mais um romance sobrenatural genérico, mas poxa! Quanto mistério aí! Esses quotes me pegaram de jeito, pois a escrita da autora realmente parece inteligente!

    E eu gosto de personagens difíceis, mesmo que eles me façam passar raiva! haha

    Anotadíssimo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá mesmo essa impressão no início! Depois, começa a entrar outras coisas complementando e tornando a história ainda mais envolvente e misteriosa. :)

      Excluir
  12. Não só a capa está maravilhosa,mas o enredo pelo visto não fica atrás! Também acho que o fato dele não aceitar a existência de Raya, deixa as coisas mais reais, afinal, quem aceitaria normalmente?
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fica para trás mesmo! haha
      Realmente. Eu mesma, sairia correndo achando que tava ficando louca. kkkkkkk

      Excluir
  13. OI.

    Adoro essas fotos que você coloca junto com a resenha. Já conhecia esse livro pela capa, porém, nunca procurei saber muito sobre ele. Parece ser interessante e já anotei a dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica mais bonitinho, né?! haha
      Pode anotar, vale a pena!

      Excluir
  14. Adora a capa desse livro. Sempre que leio resenhas desse livro fico com vontade de lê-lo. O personagem masculino parece ser muito intenso, não é mesmo?!

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amoooo essa capa! kkkkk
      Intensamente melancólico, mas tem algo mais profundo ainda, que nem sei descrever. Ele é muito interessante de "conhecer".

      Excluir
  15. Olá, tudo bem? Sempre que vejo esse livro passa na minha cabeça a inspiração dele no My Chem. e o quanto quero ler hahaha ainda não tive oportunidade mas depois de tantos elogios quero muito muito ler para ontem <3 Acho a capa lindíssima e a autora parece ser uma fofa.
    Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenha a oportunidade de realizar a leitura! <3

      Amo demais essa capa! kkk Não só parece, é. :)

      Excluir
  16. Oi, Catrine ^^
    QUE CAPA LINDA!!!
    Realmente, ela é de babar.
    Agora me focando no enredo, é engraçado o quanto do assunto anjos e demônios atiça a curiosidade dos leitores, tentar imaginar seres alados lutando uns contra os outros e usando os humanos é algo que me parece até nato a qualquer humano.
    Fico feliz em saber que a autora pegou esse clima dos seres de asas e traduziu numa nova mitologia, num novo mundo. E estou bem intrigado pelo fato do personagem viver quase 1005 no hospital e mesmo assim o enredo prosseguir, tudo acontece na mente dele? Ou Raya que explica como é o mundo do qual ela faz parte?
    Pelo que pude perceber a autora se focou nos pequenos detalhes, nos gestos de medo e descrença que Alexander sente pela Raya e todo o seu mundo irreal.
    Obrigado pela resenha e por me apresentar essa obra que até então desconhecia, Catrine. ^^
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MARAVILHOSAA! haha
      Olha, tenho que concordar com você. Inclusive, até hoje nenhum livro com esse tipo de ser me decepcionou.
      Então, o protagonista até deu umas 2 fugindinhas, mas o resto foi realmente no hospital. Sobre o mundo da Raya, é ela que explica mesmo. Há alguns trechos pelo ponto de vista dela. :)

      Excluir
  17. Olá! Li pouco livros com anjos, mais foi o suficiente para me encantar por história desse tipo. A capa, sinopse, os trechos do livro e a resenha está tudo encantador. Sua resenha além de me apresentar a obra me deixou interessada. Que bom que foi uma ótima leitura para você. Beijos'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou encantada por livros com esses seres! <3
      Que bom que gostou. ❤

      Excluir
  18. O que uma capa não pode fazer né? confesso que vim aqui nesse post só por causa da edição desse livro, tô apaixonado <3
    E agora que vim perceber que acho que nunca li nada com anjos, mas adorei a sua resenha S2, bjs

    cactocornio.tumblr.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é nem surpresa com uma capa linda dessa! hahahah ❤❤
      Que bom que gostou. :)

      Excluir
  19. Olá!
    Andei vendo bastante divulgação dessa obra, mas não sabia do que se tratava até ler a sua resenha. Adorei a premissa e fiquei bem curiosa para ler, principalmente por se tratar de uma leitura instigante, além de amar livros com anjos hahaha
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que a obra chamou sua atenção! ❤ Espero que tenha a oportunidade de lê-lo.

      Excluir

Muito obrigada pela visita, espero que tenha gostado!
Opiniões, sugestões, críticas... fiquem a vontade.❤❤

Layout por: Adorável Design