16.11.16

Resenha: Alice no País do Amor - Lucilla Guedes

“O amor é forte o bastante para coexistir com qualquer outro sentimento ou emoção.”
Título: Alice no País do Amor
Autor(a): Lucilla Guedes
Gênero: Literatura Nacional – Romance, Chick Lit
Páginas: 228
Editora: Chiado Editora
Ano: 2015
ISBN: 978-989-515-143-1
Comprar: Chiado | Easy Books
Avaliação:
Sinopse
Alice é uma advogada beirando os trinta anos, que mora em Curitiba e sonha com o verdadeiro amor. O problema é que ela é apaixonada – desde menina – por Max (atual namorado de sua melhor amiga, Helen), nutrindo, por ele, uma paixão platônica.
Esse sentimento se reacende na época da faculdade quando o reencontra como professor do curso de Direito. Alice resolve não revelar que fora sua vizinha quando criança e inicia um flerte com Max, mas a história toma outro rumo quando ele conhece Helen e eles começam a namorar.
Sofrendo com essa paixão não correspondida, Alice conta sempre com o apoio de Alan, seu amigo e confidente, mas vê evaporarem suas últimas esperanças ao saber que Max pediu Helen em casamento. Abalada com a notícia, com a autoestima “no pé” e tentando “dar a volta por cima”, Alice decide ousar, com um vestido pra lá de provocante, justamente na festa de aniversário à fantasia de Helen (em que quase todos estão vestidos como as personagens de Alice no País das Maravilhas) e então desperta — novamente — o interesse de Max, que tenta seduzi-la.
Será que Alice conquistará o homem dos seus sonhos?
Resenha

Na sua infância seus pais brigavam muito, e para fugir desse ambiente nada confortável, Alice se refugiava na casa de seu vizinho Max. Até que de fuga em fuga, ela, mesmo criança, se afeiçoa pelo rapaz. Porém, após conviver com Max por dois anos, a família dela se muda.


Anos depois, ela o reencontra como professor do curso de direito na sua faculdade. Ele não se lembra dela, e ela também prefere não revelar quem é, mas começa a investir nele. Isso até ele conhecer Helen... 

O cara estava namorando sua melhor amigaaaa! Mas, pior ainda foi saber que ele inclusive já tinha a pedido em casamento e que eles estavam noivos. Ela estava sofrendo com esse amor platônico, mas, felizmente, tinha sempre Alan ao seu lado, seu melhor amigo. Podia contar com ele e suas piadas a qualquer hora!


Mesmo nada feliz com toda aquela situação, ela decide dar um pé da bunda do destino; a advogada toda certinha ousa em um vestido de Alice no País das Maravilhas super sensual para a festa à fantasia no aniversário de Helen. Despertando, então, o interesse de Max. Aquele a qual ela sempre sonhou.
“Um pouco de loucura não seria o ingrediente secreto para uma vida sana?”
***
Lindoooooooo!

Clichê? Sim. Mas quem disse que isso é algo negativo? Pelo menos não para mim. Apesar de amar obras que me surpreendam, não deixo de me encantar por um bom clichê. 
“Não há como fugir da nossa personalidade. Ela pode cochilar por alguns minutos. Mas só.”
A escrita da autora flui muito bem, e me envolveu por completo. Li Alice no País do Amor em pouco mais de dois dias, mas acredito que se estivesse com mais tempo finalizaria bem mais rápido. Sem contar o toque de humor que faz com que a leitura se torne ainda mais gostosa. Não foi a toa que o livro ficou lotado de post-its!


A Lucilla também tem meus parabéns na criação e desenvolvimento dos personagens. Não pelo fato de todos serem perfeitos, nem nada do tipo. Pelo contrário, por serem reais. Alice é uma pessoa gentil, carinhosa, amiga etc. Mas se acha bem sem graça e fosca, principalmente quando se compara a Helen. E apesar de ter vários anseios, tem medo de sair da zona de conforto e arriscar. Alguém se identifica? Ela me deu nos nervos em muitos momentos com sua indecisão e falta de atitude, mas logo fui começando a entendê-la, e até me identificar um pouco com ela. 
“Meu bem, você procura dormir com quem não te acende, buscando o autocontrole inútil, ao tempo em que evita quem te acende, por puro medo de brincar com fogo e se queimar.”
Mesmo com aquela vontade de dar um “Acorda, miga!” nela, gostei bastante dela. Me senti dentro da história, sofrendo junto, como uma amiga. Só que sem poder de se intrometer, apenas ler e esperar o que ia dar.
“Não é que a vida melhorasse, é que nos amoldávamos a ela.”
Alice no País do Amor é um livro lindo, que trata sobre o romance e amor, mas não apenas focando nisso. Ele nos apresenta uma pessoa que precisava de amor, mas o amor próprio, para, então, poder enxergar o verdadeiro amor. Não aquele que completava seu copo, mas aquele que o transbordava. 


Convido a todos a entrar na toca do coelho e cair de amores por essa história sobre o amor, pelo outro e por si mesma. Sei que, se for ler, vai aprender muitas coisas boas. É um livro para ler, amar, refletir e não esquecer. Eu poderia fazer uma listinha com coisas que aprendi com essa obra, mas peço que deem uma chance a ele e descubram sozinhos. Vale a pena!haha
“[...] Não pense tanto com a cabeça, pense mais com o coração.”
Sair da zona de conforto da aquela insegurança. Claro! Mas isso porque não sabemos o que tem lá fora. Pode ser algo bom ou ruim. Porém, quem vai saber sem tentar?
É bom pensar que “tudo pode melhorar”, ao invés de que “pior que está não fica”. Pode parecer a mesma coisa, mas, vai, me fala que não é mais positivo e bonito? ;)  É como aquela coisa de “copo meio cheio” “copo meio vazio”... Portanto, não tenha medo de mudar, pense em como tudo pode melhorar. Não se acostume com nada menos que a felicidade!

Indicadíssimo! DICA: Separem bastante post-its! 

36 comentários:

  1. Ola
    A Chiado tem lançado ótimos livros e vejo pela sua resenha que esse não foge à regra.
    Ótima resenha, pena que não é o estilo de livro que eu goste muito.
    Bjss

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Amei sua resenha e suas reflexões, e achei bem legal um livro com uma história bem clichê, até mesmo batida, ainda possa nos fazer pensar em nossas vidas e como a vivemos, mas não leria o livro, justamente pelo clichê, não tenho nada contra, muito pelo contrário, mas quando me depara com um clichê acabos desviando para os cliches com que mais me identifico, como os de terror

    ResponderExcluir
  3. Oi, Catrine
    Quem não ama um bom clichê? Acho que são muito poucos.
    Que mal tem se o livro é bem desenvolvido e nos deixa com um sorriso no rosto? Adorei sua resenha e fiquei curiosa pelo livro. Muito obrigada pela linda dica.



    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo! haha acho que o que importa é isso ai. ❤ Que bom que gostou!

      Excluir
  4. Olá,
    Já ouvi falar muito bem da obra, mas ainda não tive oportunidade de ler.
    É bem interessante que o livro aborde não só o amor entre um casal, mas também o amor próprio.
    Nos faz refletir um pouco sobre o tema e sempre tive a visão de que precisamos primeiro estar bem conosco para que isso atraia o amor e acho que isso pode ser visto na obra. Adorei suas impressões sobre a obra.

    https://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! ❤ É sempre bom uma história que nos faça refletir, não?

      Excluir
  5. Oie!
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler o livro, e também não conhecia essa publicação. Achei a trama bem interessante, e só de saber que gostou bastante e só não terminou mais rápido porque não deu tempo, já me inspirou.
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um leitura que indico, Carla. A história é linda! ❤

      Excluir
  6. Oie!

    Quem foi que disse que um clichê não pode ser bom, né? XD

    Confesso de que ao ler a premissa apresentada por vc já me irritei aqui, se o cara é tão volátil ao ponto de "flertar com ela, troca pra amiga, noiva com a amiga e aí se interessa de novo por ela", miga: Ele não vale a pena! rs

    Apesar da sua boa indicação e de estar aqui imaginando um certo final que, já sei, só descobrirei lendo, ainda assim, vou deixar a dica passar... Mas super concordo contigo de que clichês podem ser maravilhosos, sim!

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tadinho, né?! tanto preconceito com os tadinhos dos clichês! haha ❤

      Excluir
  7. Catrine, tudo bem?

    Esse livro já estava na minha lista, embora embora tenha lido poucas resenhas sobre a obra. Vou separar sim meus post its quando iniciar a leitura, principalmente se eu levar em consideração a quantidades de quotes que vc marcou! rs

    Beijo

    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saõ tantas partes lindas que quase acabei com os post-is azuisinhos kkkkk ❤

      Excluir
  8. Olá !! Os livros clichês são necessários de vez enquanto =) eu não fujo à regra, obviamente, mas este ano não estive muito nessa vibe. Mesmo assim, gostei muito de sua resenha e da sinopse do livro! Obrigada pela dica! Bjs
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São sempre bons para distrair, não?! ❤ Que bom que gostou da resenha!

      Excluir
  9. Olá! No fundo, todos gostamos de um bom clichê! Achei a história bem fofa e de cara simpatizei com a Alice. Fiquei curiosa para saber se esse amor será correspondido. Beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  10. Oie
    já li o livro e gostei bastante, achei uma graça o enredo e tudo mais, bem gostoso para passar o tempo, sua resenha ficou bem legal e que bom que curtiu tanto quanto eu

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá!!

    Eu ainda não li nada sobre esse livro! É a primeira resenha que leio sobre ele e me encantei! Que capa linda né??
    Adorei a resenha a forma como vc se envolveu enquanto lia! Adicionei na lista!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Que livro mais amorzinho, fiquei encantada e achei a edição um arraso, leria com toda certeza, suas fotos ficaram incríveis e dica super anotada!
    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Oi Catrine, sua linda, tudo bem?
    Achei muito feio o que ela fez, ele estava comprometido, ela não podia investir nele, não aceito traição. Mas gostei de saber que finalmente ela irá crescer, passar a gostar de si mesma e enxergar o verdadeiro amor, que eu espero ser o Alan. Dica super anotada!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando ela "investe" nele ela ainda não sabia! haha
      Obrigada! que bom que gostou ❤

      Excluir
  14. Olá,

    Eu já tenho esse livro na wishlist desde que era parceria da editora, só que por sempre ter um leque grande de opções, acabei adiando essa leitura. Porém, o interesse ainda ficou comigo, pois achei a premissa do livro muito leve, e fiquei curiosa sobre como será o final de Alice.

    Beijos,
    http://entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é sim bem leve e lindoo! ❤ Vale a pena!

      Excluir
  15. Olá!
    Meu Deus! Como não soube da existência desse livro? Eu amei! E sua resenha me deu muita vontade de ler este livro <3
    E amei a capa também!
    Adoro conhecer novos livros ainda mais nacionais! Dica super anotada aqui e minha lista só crescendo kkkkk'

    Beijo, beijos
    relicariodehistoriasma.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena "crescer" ainda mais a listinha. haha É um livro lindo ❤

      Excluir
  16. Já quero sim ou com certeza? Só quero haha Amei a premissa e a sua resenha só me instigou mais ainda. Nós vivemos de clichês e também adoro hahaha Nossa bem bacana e único o título e tudo que envolve. Adorei <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! :)
      Realmente, os clichês fazem parte também da gente. kkkkkk

      Excluir
  17. Esse livro é tão bonitinho, eu sempre leio resenhas boas dele, mas ainda não o li. Quem sabe um dia eu consiga. :)

    ResponderExcluir
  18. Hello! Tudo bem?
    Adoro conhecer livros novos e esse da resenha eu nunca tinha ouvido falar.
    Achei interessante os pontos que vc abordou, acho que o livro tem a minha cara pra falar a verdade hehe.
    Gostei da capa e do enredo, acho que será um que vai me prender muito.
    Linda resenha, fiquei curiosa para saber que rumo os personagens tomaram.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da dica e da resenha! :D

      Excluir

Muito obrigada pela visita, espero que tenha gostado!
Opiniões, sugestões, críticas... fiquem a vontade.❤❤

Estante Mineira Todos os direitos reservados