18.10.16

Resenha: Três Coisas Sobre Você - Julie Buxbaum

"Me diga três coisas sobre você que eu não sei."
Título: Três Coisas Sobre Você
Título Original: Tell me Three Things
Autor(a): Julie Buxbaum
Gênero: Literatura Estrangeira - Romance, YA
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
ISBN: 978-858-041-548-3
Comprar: Compare e Compre - A partir de R$ 22,70
Avaliação:
Sinopse
Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante.
Resenha

Jessie perdeu a mãe para o câncer há mais ou menos dois anos, mas seu pai se casou novamente com uma mulher que conheceu na internet e, graças a isso, eles tiveram que se mudar para a Califórnia, onde sua vida viraria de ponta a cabeça. Como se não bastasse à saudade de ‘sua vida de antes’, com amigos e uma família unida e feliz, a garota teria que aprender a conviver com a madrasta e seu filho ignorante, e claro, com o novo colégio de 'riquinhos', onde parecia que todos saiam de alguma capa de revista – um mundo vasto de Barbies e Kens.
“Estou mais perdida do que nunca. Não, o ensino médio não vai ser uma época que vou recordar com carinho. Uma vez a minha mãe me disse que o mundo é dividido em dois tipos de pessoas: as que adoram os anos do ensino médio e as que passam a década seguinte se recuperando deles. O que não mata fortalece.”
No colégio, as coisas não estavam andando muito bem, além da sensação de estar no lugar errado, começaram também os comentários ofensivos que as ‘barbies’ direcionavam a ela por conta de sua aparência fora do padrão linda, loira, magra, líder de torcida de filme americano. Até que ela recebe um email.

Jessie recebe um e-mail assinado como Alguém Ninguém, onde ele oferecia seus conhecimentos para ajudá-la na adaptação no colégio Woods Valley. Inicialmente ela pensou que fosse algum trote para calouros, mas após perceber o quanto estava difícil se adaptar acabou aceitando a ajuda de AN. Após seguir algumas dicas dele – como com quem puxar papo, onde comer – e ver que estavam, aos poucos, dando certo, viu que talvez ele quisesse mesmo apenas ajudar.
“[...] Mas como todos os outros colégios de ensino médio (ou de um jeito até pior), é uma droga de uma zona de guerra.”
Mas a conversa não parou por ali, muito menos ficou apenas no manual de sobrevivência que o anônimo passava. Os dois passam então a conversar todos os dias, e ao longo das conversas acabam se tornando amigos confidentes. Tanto Jessie quanto Alguém Ninguém já se sentiam confortáveis para falar um com o outro coisas que não conseguiam com pessoas que conhecia fisicamente. 
“É engraçado o fato de não conseguirmos simplesmente dizer essas palavras em voz alta. Mas não conseguimos. Algumas coisas são mais difíceis de serem ditas do que outras, não importa quanto sejam verdadeiras.”
Maaas, quem será AN? Essa amizade apenas virtual bastaria? Como será essa nova fase da vida de Jessie?
***
Sempre via essa capa pelos cantos, resenhas em outros blogs etc., mas nunca me interessei de verdade por ele, mas há algumas semanas acabei arriscando. 
“Uma das piores coisas com relação à morte é lembrar de todas as perguntas que a gente não fez, de todas as vezes em que, idiotamente, a gente presumiu que teria todo o tempo do mundo.”
O que geralmente acontece nos livros é que no início, quase sempre, a leitura ainda está um pouco confusa, e o que gostei nesse foi que logo nas primeiras páginas o leitor fica por dentro dos acontecimentos e já se envolve, conseguindo acompanhar tudo muito bem. E esse é só o primeiro de muitos elogios...

A Julie soube tratar de vários assuntos importantes ainda deixando o livro leve e divertido. Mesmo não sendo nada muito explícito, ela abordou em Três Coisas Sobre Você temas como bullying, que é algo que acontece muito, principalmente nas escolas; câncer, que é uma das doenças que mais matam no mundo; morte, segundo casamento, mudanças, e como isso afeta os filhos; homossexualidade, o filho da madrasta fala como foi sua experiência, mostrando como o amor e compreensão dos pais pode mudar tudo; e, obviamente, o relacionamento virtual, entre outros temas. Ou seja, o livro não foca apenas nas trocas de e-mail.
“Tenho observado você no colégio. [...] Acontece que... você me intriga.”
A leitura é muito rápida, e muito – mas muito mesmo – envolvente. Havia já um tempo que não sentia aquela sensação dolorosa de quero mais no final!

Gostei bastante dos personagens. O livro é narrado em primeira pessoa pelo ponto de Jessie, que é uma garota que ainda sofre muito com a falta da mãe e, agora, com toda essa mudança. Ainda assim, ela consegue mostrar o lado dela divertido e legal, principalmente quando esta com os amigos – novos e antigos –; sem contar que amei o jeitão dela de não se importar com a opinião que os outros tinham sobre ela. Ela não gostava dos comentários maldosos E quem gosta????, mas o melhor é que ainda assim ela não mudava seu jeito de ser para agradar aquelas pessoas alienadas. 
“Tenho coisas melhores a fazer do que me comparar com os ideais inalcançáveis estabelecidos pelos diretores de arte de revistas que diminuem coxas com um mouse.”
Terão destaque também outros personagens. Temos o  Theo, o filho da madrasta, que provavelmente foi o que mais mudou. No início ele fingia que Jessie nem existia, mas aos poucos foi se abrindo, e depois, os dois passaram até se torna amigos, ou quase isso.

Há também os amigos do colégio novo, e bom, os possíveis Alguém Ninguém. Embora esteja morrendo de vontade de falar sobre eles acho que acabaria me empolgando e falando demais.

Como sou apaixonada quando os títulos tem um significado!!! Não vou falar muuuito sobre, mas, é meio que uma brincadeira entre AN e Jessie para se conhecerem. Nossa, NOSSA, no final então o final!!!

Amei o livro, achei que a autora soube criar uma história ‘real’, com problemas reais, personagens reais etc. O livro e fofo e envolvente, dá para ler em um dia. Ele foi o responsável por me fazer dormir apenas 3 horas no dia, mas muito valeu a pena. 
“Eu sou quem eu sou, quem quer que eu seja agora.”
Gostei muuuito do final, achei maravilhoso! Mas também, a única crítica negativa que tenho é em relação a ele. Queria mais. Queria mais páginas, queria que a autora tivesse desenvolvido mais o final. Sabe o que faltou? Um epílogo. Ficaria perfeito!

Enfim, é um livro que indico a todos, principalmente aos amantes do gênero. :)
“Mas às vezes um beijo não é um beijo não é um beijo. Às vezes é poesia."

28 comentários:

  1. Comprei esse livro e ele tá em minhas leituras! Gosto de livros adolescentes pois no geral alguns tratam questões bem humanas. Para Jessie deve ter sido complicado demais toda essa mudança.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem complicado! Olha, espero que goste tanto quanto eu, e eu ameeeei! ❤❤ haha

      Excluir
  2. Apesar de ultimamente não estar lendo muitos livros com protagonistas adolescentes, adorei saber que esse livro pode ser lido em apenas um dia. Ás vezes é justamente isso que procuramos, algo mais simples e direto, sem muita enrolação ou questionamento. Vou marcar na listinha de futuras leituras hahah

    livroslapiseafins.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, esses "rápidinhos" são sempre bem envolventes e ´´otimos para descontrair. ❤

      Excluir
  3. Olá!
    Adoro livros do gênero e este me chama muito a atenção.
    Fiquei curiosa para conhecer a história de Jessie e saber como termina.
    Gostei de saber que é um livro que envolve o leitor logo nas primeiras páginas.
    Acho que é uma leitura que tem tudo para me agradar.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ameei ele! Espero que também goste. Se curtir leituras leve, envolvente e descontraídas, vai gostar sim. haha ❤

      Excluir
  4. Oi, Catrine! Teve resenha desse livro lá no blog, quem fez foi a Magali Polida, ela gostou basta

    ResponderExcluir
  5. Já vi esse livro nas livrarias, é lindo! É tão bom livro assim, né? Que logo de cara você já se familiariza com a história... Odeio ficar confusa hahaha. AN me lembra -A que me lembra Pretty Little Liars, ou seja, irei amar esse livro. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo lindoooo!
      Também, haha, não tem como se envolver com algo confuso. Felizmente isso não acontece nesse! ❤ Espero que goste!

      Excluir
  6. O livro parece tratar de assuntos bem sérios e isso me chamou atenção. Conhecia ele desde o lançamento mas não chegou a me intrigar quando vi pela primeira vez e acabei me esquecendo dele. Depois de sua empolgação com a obra e com o final acabei curiosa de verdade com a leitura, quem sabe mais para frente eu me aventura na leitura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trata sim sobre varis temas, um dos motivos de eu ter amado! haha ❤❤

      Excluir
  7. Oi Catrine.

    Livros que abordam bullying, sempre é uma leitura interessante.Até foliei este livro na livraria, mas acabei esquecendo dele, acho que a empolgação por ele passou. mas durante a leitura da sua resenha eu fiquei com vontade de ler. Quem sabe futuramente.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ❤ Espero que leia e goste tanto quanto eu!

      Excluir
  8. Desde que minha colaboradora resenhou esse livro eu fiquei muito curiosa para ler. Quero muito saber que é essa pessoa anônima. Sim, sou bastante curiosa. hahaha
    A trama em si me parece bem envolvente, que bom saber que você gostou da leitura. Eu espero que eu curta também. E que droga esses finais que te deixam querendo mais, né? rs
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mata essa curiosidade lendo! KKKK SUPER INDICO!! ❤
      Se for ler, espero que goste!
      Nossa, eu queria uma epilogo de 50 páginas. kkkkkk

      Excluir
  9. Oi, Catrine! Sempre que vejo esse livro fico com vontade de me jogar na leitura dele. :) Parece ser daqueles que a gente se identifica com uma ou várias situações e tem vontade de contar pra todo mundo o quanto é bom! Eu adorei a sua resenha e este quote final é muito amorzinho!


    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meninaaa, isso mesmo! Minha vontade é de mostrar pra todoooo mundo e falar o quanto é bom até a pessoa morrer de vontade de lê-lo. KKKKKK ❤❤

      Excluir
  10. Já estou pensando quem poderia ser esse AN, aposto que é o filho da madrasta! Bem, eu já tinha visto boas criticas ao livro, mas não cheguei a ler, pensei que não fosse uma leitura tão boa ou com pontos que me agradassem, só que ao terminar a resenha, pude ver que é um YA que com certeza vai me conquistar, principalmente por conta dos temas abordados e como a história é conduzida, só acho uma pena quando sentimos que a história renderia mais e seria bom ter mais, sei como é isso, mas em todo caso, quero sim ler a obra da Julie!

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não procura spoiler onde não tem! KKKKK Leia e descubra...
      São vários temas abordados, o que me agrada muito também. Se tiver a oportunidade de realizar a leitura, espero que goste.

      Excluir
  11. Olá, já vi algumas resenhas sobre essa obra e gostei bastante da sua...me deixou bastante curiosa para conferir.

    Gostei dos temas que o enredo aborda, torna a obra ainda mais interessante.

    ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Adorei saber que já no inicio da obra conseguimos ter um panorama do que está acontecendo e não ficamos perdidos, isso faz toda a diferença. Ainda não li a obra, mas tenho muita curiosidade. Os pontos abordados são bem interessantes e a forma como o enredo desenrola parece ser bem cativante.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz sim! O bom é que logo de cara já nos envolvemos na leitura! ❤

      Excluir
  13. O livro é realmente muito amorzinho. Um dos meus preferidos do ano, com certeza. Ele é tudo o que você comenta, ele é fofo, é envolvente, é leve mas com assuntos importantes, é quase perfeito... Digo quase pois senti falta de alguma coisa no final (acho que uma ou duas páginas a mais, ou como você diz, um epílogo. Isso deixaria o livro perfeito).
    Mesmo assim, o final é fofo e a leitura é super gostosa de fazer...
    Eu amei e queria mais livros assim *_____*
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim!! Também queria. kkkkk Até procurei semelhantes a ele no skoob. ❤

      Excluir
  14. Tão bonitinho acompanhar sua empolgação ao falar do livro. Fico feliz que a editora arqueiro tenha apostado em um título que tem agradado todos que já leram essa história que, como você mesma destacou, é leve e rápida mas focada na realidade. Bom demais conhecer um pouco mais dessa história e que pena que o tão esperado epílogo não existiu. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem isso mesmo, a autora soube trabalhar com assuntos sérios, de uma forma fofa e leve. ❤

      Excluir

Muito obrigada pela visita, espero que tenha gostado!
Opiniões, sugestões, críticas... fiquem a vontade.❤❤

Estante Mineira Todos os direitos reservados