10.10.16

RESENHA: O ORFANATO DA SRTA. PEREGRINE PARA CRIANÇAS PECULIARES - RANSOM RIGGS

Título:O Orfanato da srta. Peregrine para Crianças Peculiares
Título Original: Miss Peregrine's Home For Peculiar Children
Coleção: O Orfanato da srta. Peregrine para Crianças Peculiares #1; Cidade dos Etéreos#2; Biblioteca das Almas #3
Autor(a): Ransom Riggs
Gênero: Literatura Estrangeira - Aventura, Fantasia
Páginas: 336
Editora: Leya
Ano: 2015
ISBN: 978-854-410-284-8
Comprar: Compare e Compre - A partir de R$ 22,34
Avaliação:

Sinopse

Srta. Peregrine para Crianças Peculiares", um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas.
Resenha

A infância de Jacob Portman (Jake) foi recheada das mais diversas histórias. Abraham Portman (Abe), seu avô, contava-lhe desde histórias da Segunda Guerra Mundial, na qual ele lutou, à histórias fantásticas sobre o orfanato no qual ele viveu antes de se alistar no exercito. Segundo Abe, esse orfanato seria projetado para manter as crianças protegidas dos monstros, e estaria em uma ilha onde todos os dias eram ensolarados e ninguém jamais adoecia ou morria.
“– Mas porque os monstros queriam machucar vocês?
– Porque não éramos como as outras pessoas. Éramos peculiares. [...] Havia uma garota que podia voar, um menino que tinha abelhas vivendo dentro dele, um irmão e uma irmã que podiam erguer facilmente pedras enormes.”
Essas, claro, eram as que mais envolviam Jake. Contudo, ao longo dos anos ele foi achando tudo muito fantasioso, até que começou a ver apenas como histórias inventadas por seu avô com objetivo de impressioná-lo; inclusive as fotografias que Abe o mostrara, que começou a ganhar, para Jacob, traços menos reais e manipulados.
“Ele me dissera para “encontrar a ave”. Nove anos atrás ele jurara que o orfanato onde vivera era protegido por uma – “uma ave que fumava cachimbo” [...] e seu nome era Peregrine, como o falcão-peregrino.”
Mas após seu avô morrer, de forma brutal e muito estranha, o garoto começou a criar ainda mais dúvidas e percebeu que os mistérios o rodeava – assim como a família, seu psiquiatra e os remédios. Mas é ai que ocorre a divisão de águas. Jake, enfim, decide que está na hora de conhecer o passado do avô, então parte – com o seu pai – em direção a Ilha que ambientou tantas histórias que ouviu. Mas chegando lá, descobre que o orfanato existiu sim, mas havia sido atingido por uma bomba ainda durante a guerra.
Não conformado, ele mesmo vai até onde seria o orfanato, disposto a descobrir mais sobre. Lá ele vai começar a ver que todas aquelas histórias poderiam não ser apenas fantasias como pareciam. A partir dai a vida de Jake irá virar de ponta cabeça!
***
Terror não é um gênero que gosto, muito pelo contrário. E quando vi essa capa, que agora amo, foi o que pensei que fosse. Felizmente, com o trailer do filme, percebi que não era o que eu imaginava. Logo após iniciei a leitura.
“Eu tinha acabado de aceitar que minha vida seria apenas comum quando coisas extraordinárias começaram a acontecer comigo.”
O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares nos apresenta um mundo fantástico nunca visto antes. Peculiar e único! Não vou detalhar sobre, pois seria informação demais para uma simples resenha, mas a localidade do orfanato vai muito além de uma residência em uma ilha. As características do local são um tanto criativas; e o melhor, é tudo explicado nos mínimos detalhes, sem deixar a leitura cansativa, até porque o que mais queremos é conhecer para conseguir “visualizar”. E como também será a primeira experiência de Jacob, vamos conhecendo pouco a pouco junto com o protagonista.
“Quando alguém não o deixa entrar, você acaba parando de bater.”
Jacob, 16 anos, é um personagem que não me cativou logo de início por mostrar-se muito imaturo. Estava vendo a hora em que ela ia sentar no chão e espernear. Graças à Ransom Riggs, não durou muito tempo até ele tomar um rumo e mostrar sua personalidade forte e corajosa.

Sobre as crianças peculiares e a srta. Peregrine. Confesso que gostaria que suas peculiaridades fossem mais exploradas, mas para um primeiro livro acho que da para aceitar.
São várias “crianças”, mas há sim as que se destacam. Dentre elas, Emma, corajosa, forte, persistente e até carinhosa. Também há Millard, que é um dos primeiros que conhecemos, esse sim gostei de cara! Ele é muito divertido, mal apareceu e já me arrancou várias risadas. Enfim, cada um tem sua personalidade e peculiaridade, e me encantei por todas.
“ – Você é invisível – retruquei.
– Você tem razão. Millard Nullings, às suas ordens.
– Não diga seu nome a ele! – gritou a garota.”
Como disse no início, o livro não se trata de uma história de terror. Mas como sou sensível a qualquer pitada disso, preferia deixar a leitura para a parte do dia.  Apesar de não haver o terror em si, ainda senti um pequeno incomodo na própria escrita, não que tenha sido algo ruim. No começo houve uma certa enrolarão, mas ao decorrer da leitura comecei a me envolver. A escrita do autor é muito boa; fluida, instigante, misteriosa e ao mesmo tempo divertida. Esse é o primeiro livro da trilogia, então não há muita ação. Eu acho que ele está mais para uma apresentação – dos personagens, história, etc – e uma entrada para aos próximos. Inclusive o final do livro vem com um convite – quase que intimação – a continuação.
“Lentidão e bebedeira não são páreo para velocidade e um medo desgraçado.” 
Apesar dos vários pontos positivos que citei, imaginei mais. Estava com expectativas enormes e talvez por isso ele não conseguiu alcançá-las. Ainda assim foi uma leitura ótima!
“O quintal estava cheio de crianças; quase todas elas eu reconheci das fotografias amareladas.[...] Era exatamente o paraíso que meu avô me descrevera em suas histórias. Essa era a ilha encantada; essas eram as crianças mágicas. Se eu estava sonhando na queria acordar. Pelo menos, não por um bom tempo.”
Algo que notei – e amei!  – no livro é que apesar de ser uma história fantástica muitas coisas tem a ver com o mundo em que vivemos, pois toca no tema aceitação das diferenças. Basta se colocar no lugar dos personagens e pensar um pouco. Nós também somos peculiares, só que nossas peculiaridades não são poderes e sim diferenças; os monstros, ah, a sociedade, que não sabe conviver com as diferenças.
A srta. Peregrine criou esse lugar para proteger essas crianças não só dos monstros, mas dos humanos também, que nunca o aceitariam. Vemos muito disso hoje, certo? Só que diferente dá história, não temos um lugar perfeito para nos esconder para sempre, e nem devemos.
“Os muçulmanos nos expulsaram. Os judeus nunca nos entenderam. Os cristãos nos queimaram como bruxos. Até os pagãos de Gales e da Irlanda acabaram chegando à conclusão de que éramos todos fadas e fantasmas, mutantes do mal.”
“Imagine, em um mundo com tanto medo das diferenças, como isso não seria uma ameaça para todos os peculiares.”
 Resultado de imagem para o orfanato da srta peregrine FOTOGRAFIAS

 “Mesmo sem as fotos, esta seria uma história emocionante, mas as imagens dão um irresistível toque de mistério. A narração em primeira pessoa é autêntica, engraçada e comovente. Estou ansioso para o próximo volume da série!” RICK RIORDAN, autor da série Percy Jackson e Os Olimpianos.
“Um romance tenso, comovente e maravilhosamente estranho. As fotos e o texto funcionam brilhantemente juntos para criar uma história inesquecível.” JOHN GREEN, autor de A culpa é das estrelas.
“Vocês têm certeza de que não fui eu quem escreveu esse livro? Parece algo que eu teria feito...” TIM BURTON

32 comentários:

  1. Adorei sua resenha e já li o livro, amei sua opinião. ♥
    Art of life and books

    ResponderExcluir
  2. Oie

    Esse livro me enganou pela capa, eu também achei que era terror e comprei porque adoro o gênero e qual foi minha surpresa.
    Também não senti empatia pelo Jacob logo de cara e queria saber mais das crianças, espero que nos próximos livros sejam mais exploradas.
    Enfim, esperava um terror e encontrei uma leitura fantástica que me agradou muito.
    Quero logo ler o próximo e assistir o filme.
    Adorei sua resenha!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já eu, inicie a leitura só depois de saber que não era terror. kkkkk
      Também espero que nos próximos os poderes sejam mais aproveitados. ❤

      Excluir
  3. Eu adoro livros com história peculiares, esse me conquistou e muito, nada nele de deixou insatisfeita. E apesar do filme ter alterado algumas coisas, foi do jeito que imaginei quando li. Bjkas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não assisti ao filme ainda, mas não vejo a horaaa! ❤

      Excluir
  4. Confesso que não tenho muito interesse no livro, apesar de toda euforia envolta da série. Acho a edição muito interessante e bonita e em nenhum momento achei que fosse de terror, o que comprove na sua resenha. Mesmo não atingindo todas as suas expectativas o livro se mostrou bom, e espero que continue assim para você.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Catrine, tudo bem?
    Eu já li a série completa e gostei bastante da leitura. Assim como você a princípio achei que tinha elementos de terror, mas a medida que avancei na leitura percebi que a ideia do autor era criar uma aventura com algumas excentricidades e a presença de fotografias garante esse efeito. No mais, é uma aventura de um grupo de crianças (assim como Os Goonies), e também achei a escrita fluida (mesmo o desenvolvimento no início ocorrendo em passos lentos). Espero que goste dos demais volumes.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aah, espero gostar dos outros tanto quanto você! ❤❤

      Excluir
  6. Olá Catrine =)
    Já faz mega tempo que eu estou querendo ler esse livro. E estou vendo o povo só comentar dele, só aumentando minha vontade. Amei sua resenha, super detalhada. Faz apenas minha curiosidade pelo livro aumentar. Beijos'

    ResponderExcluir
  7. Essas fotos são muito bizarras! hahaha Eu sempre achei que era terror, mas quando li algumas resenhas vi que estava errada e confesso que me decepcionei um pouco. Mas claro que quero ler mesmo assim, achei a premissa fantástica. Estou esperando a intrínseca lançar o primeiro livro. <3
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No meu caso, que não curto terror, foi ótimo! KKKKKK
      Espero que goste!

      Excluir
  8. Olá, acho esse livro bem estranho, mas confesso que antes do filme já queria ler haha Apesar de aparentar terror, muitas pessoas já me falavam que não era nada disso e ai me animei mais ainda. De fato que pena que não explora bem as crianças, mas acho que isso deve acontecer mais nos sucessores. Adorei a resenha <3
    Beijos,
    https://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho que nos próximos os seus poderes serão mais explorados, quando a ação começar haha ❤
      Obrigada!

      Excluir
  9. Oi, nunca tinha parado para prestar muita atenção no livro até que saiu o segundo e começou a divulgação do filme. Nem mesmo tinha tido uma vaga ideia do que poderia ser, até que uma das minhas amigas leu e disse sentir-se decepcionada porque o livro não era terror, então eu decidi ler e tirar minhas próprias conclusões e acabei adorando a história. Também senti que alguns personagens não foram muito bem desenvolvidos, mas ao contrário de você não fiquei tão ansiosa pelo segundo, mas ainda irei ler :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fosse terror, ai que eu me decepcionaria. kkkk </3
      Que bom que gostou dele, mesmo que não o bastante para querer o segundo. ❤ Mas olha, estou com expectativas que será melhor que esse... haha

      Excluir
  10. Nossa, me sinto a alien por não ter curtido a leitura e ainda abandonado, pois diferente de você e muitos leitores, eu li pensando que era terror e buscando isso, pois gosto do gênero e nossa como me decepcionei, não consegui ir para frente no livro e olha que li 50% dele, mas não desceu, pois tudo que pensei que a história era, não se concretizou e não gostei do que encontrei e até acho pessimo, alguns meios de divulgação associar o livro ao suspense e terror, coisa que passa longe, é uma aventura fantastica e quem gosta vai curtir o livro, só acho que podiam ter feito uma capa melhor, para não passar a impressão errada do livro, pois leitores que como eu, gostam do terror, vão logo imaginar isso e se decepcionar.

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, acredito até que muitos amantes de terror tenham acabado se confundindo por conta da divulgação. KKKKKK

      Excluir
  11. Olá!
    Ótima resenha
    Eu ainda quero terminar de ler esse livro. Confesso que comecei a ler ele no finalzinho de setembro mas acabei dando uma pausa para começar algumas leituras que eu já tinha programado para o mês de outubro. Assim que terminar ou tiver um tempo de sobra vou voltar a leitura hehe

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Espero que concretize a leitura feliz com o que leu. ❤

      Excluir
  12. Oi Catrine.

    Deste o lançamento do livro, eu tenho curiosidade para ler. Primeiro porque na época imaginava também que era terror. Um dos gêneros preferidos, depois a curiosidade aumentou por causa das fotos que contém no livro, mas a expectativa aumentou bastante depois que assisti o trailer do filme. Ainda não li por que estou com vários livros na meta de leitura, mas assim que puder darei inicio a essa trilogia.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que o trailer foi o que mais me incentivou! haha ❤

      Excluir
  13. Olá, Catrine! Apesar da grande repercussão do livro e do filme, a história não me cativa a ponto de querer conhecer mais dela. As fotos dão medo mesmo! E considerando que estou comentando esta resenha na madrugada, vou fingir que não li nadinha! hahahah #medrosa


    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tambem sou muitooo medrosa! hahaha Quando arriscava em ler anoite e chegava em uma imagem, já passava reto.

      Excluir
  14. Oi Catrine!
    Li esse livro para o Clube do Livro aqui de Salvador e adorei demais a história!
    Confesso que não estava esperando muita coisa dele, sabe? Vi muita gente que curtiu, mas muita gente que estava tacando o pau na história. Comecei a ler sem qualquer tipo de expectativa, mas acabei me apaixonando pela história.
    Minha única ressalva a fazer em relação a ele fica por conta dos detalhamentos. Achei que, por ser um primeiro livro, ele foi bem mais explicativo e, muita vezes, acabou quebrando o ritmo da leitura. Mesmo assim curti e estou doida para ler o segundo. o/
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, achei o mesmo. Esse fi mais informativo, o que da entender - e espero que seja - que os outros terão mais ação/aventura. ❤

      Excluir
  15. Oi Catrine.
    Quando esse livro foi lançado eu fiquei super com vontade de ler, afinal, com essa premissa e essas fotos eu também achei que fosse terror. Quando comecei a ler as resenhas e percebi que na realidade era uma coisa mais puxada pra fantasia, desanimei bastante. Apesar de gostar do gênero ainda esperava uma coisa mais assustadora.
    E agora, mesmo lendo a sua resenha positiva eu não me interesso mais em ler, tenho mais interesse só em ver o filme mesmo.
    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, para quem gosta do gênero não vai ver nadinha de terror nele. kkk Que pena que ele, antes mesmo de ser lido, te desanimou! :(

      Excluir
  16. Adorei sua resenha. Infelizmente eu assisti o filme primeiro e ainda não li o livro, pois não adquiri ainda. Porém tô super ansioso pois adorei a história <3

    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! ❤ Ainda não assisti ao filme mas, em breve... kkkk

      Excluir

Muito obrigada pela visita, espero que tenha gostado!
Opiniões, sugestões, críticas... fiquem a vontade.❤❤

Estante Mineira Todos os direitos reservados