14.7.16

RESENHA: ESPADA DE VIDRO - VICTORIA AVEYARD


CONTÉM SPOILERS DO LIVRO ANTERIOR
"Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto prestes a estilhaçar."
Título Original: Glass Sword
Título no Brasil: Espada de Vidro
Coleção: A Rainha Vermelha #1
                Espada de Vidro #2
Gênero: Literatura Estrangeira- Distopia, Ação, Romance
Autor(a): Victoria Aveyard
Páginas: 494
Editora: Seguinte
Comprar: Compara preços - Buscapé
Ano de publicação: 2016
ISBN: 978-856-576-594-7
Avaliação: 
Sinopse
O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar.
Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sangue-novos
como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.
Resenha

Já digo logo, que livro maravilhoso!
Espada de Vidro também é narrado em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Mare Barrow.

O final de A Rainha Vermelha me deixou completamente impressionada, em nenhum momento achei que Maven fosse um vilão nessa história. Nunca vi a rainha com bons olhos, mas Maven... (Eu já escrevia o nome dele em papeizinhos quando não estava fazendo nada durante as aulas.)
"Mas eu também morri. A Mare de Palafitas morreu no dia em que caiu no escudo elétrico. Mareena, a princesa prateada desaparecida, morreu no Ossário. E não sei quem é a pessoa que abriu os olhos no subtrem. Só sei o que ela foi e o que perdeu, e o peso disso é quase esmagador."
O livro começa logo depois do que vemos no fim de A Rainha Vermelha. Mare e Cal conseguem escapar do palácio, mas agora são os fugitivos mais procurados da realeza. Procurados por traição, e um assassinato que a culpa nem mesmo era deles.
Mas antes de todo esse acontecimento, Mare havia conseguido uma lista com nomes de outros como ela, vermelhos com poderes, denominados nesse livro como sangue-novos. Inclusive consta nessa lista o nome de um membro da família Barrow.

Mare, Cal e a Guarda Escarlate (apenas os que apoiavam a causa) vão fazer de tudo para encontrar esses sangue-novos e formar o próprio exército para derrotar a monarquia cruel. Contudo, Maven também sabia da existência dessa lista, assim como quem nela estava, pois ele mesmo tinha tomado em mãos quando se fazia de bonzinho e amigo de Mare. Então, teriam que lutar não apenas contra os que queriam lhes ver mortos, mas também contra o tempo. 

....

Nesse livro vemos uma protagonista ainda mais corajosa e focada, mas sua sede por vingança acaba ficando maior que qualquer coisa. Imagino que muitos devem ter odiado ela em vários momentos, mas basta se colocar no lugar dela e se torna fácil compreende-la. A realeza sempre os fez sofrer, para os prateados os vermelhos só existiam para servi-los. E ainda tinha o ódio pela traição de Maven, pela mão esmagada da irmã caçula, pelas mortes...
"Rainha vermelha. A garota brilhante. Ela vive. Erga-se, vermelha como a aurora. Erga-se. Erga-se. Erga-se."
A Guarda Escarlate está mais forte que nunca, com vermelhos fortes, com poderes nunca vistos nem mesmo em prateados. Mas com isso também vem mais problemas... Alguns não sabem lidar com seus poderes, há discórdia, mas eles continuam treinando para acabar com o sofrimento da sociedade vermelha.
Eu estou apaixonada pelo romance desse livro, mesmo a dosagem sendo muito pequena, ele nos mostra ser algo profundo que ainda tem muito a nos mostrar, até por que Espada de Vidro foi um livro mais focado nos vermelhos se levantando como a aurora.
"Antes, eu acreditava que o sangue era tudo no mundo, a diferença entre a luz e a escuridão, uma divisão irrevogável e intransponível. Tornava os prateados poderosos, frios e brutais, desumanos até, quando comparados aos meus irmãos vermelhos. Mas pessoas (…) me mostraram como eu estava errada. Os prateados são humanos como nós, cheios dos mesmos medos e esperanças. Não estão livres do pecado, mas também não estamos. Nem eu estou."
As cenas de ação estão perfeitas, mesmo com muitos personagens e lutas, não me senti nenhum pouco perdida, o que geralmente acontece em cenas assim. A narrativa é muito eletrizante e envolvente, mal piscava.
Ah, um ponto que também quero destacar... Na resenha do livro anterior confirmei que havia bastante semelhança com outras distopias, não que eu me importe muito com isso mas se essa era sua desculpa para não ler saiba que tudo isso se desfaz nesse segundo volume. 

Como disse no início, amei o livro, achei perfeito. Não sei dizer se gostei mais de A Rainha Vermelha ou de Espada de Vidro pois os dois têm focos diferentes, o anterior tinha mais romance e nesse há mais ação.
Eletrizante, emocionante, apaixonante... Victoria Aveyard, que escrita é essa, mulher! Com certeza está mais que aprovado por mim, indico para todos mas principalmente aos amantes de distopias como eu.
Mas eu não posso afastar a sensação de que, embora eles estejam comigo, não há ninguém do meu lado. Mesmo com um exército atrás de mim, eu ainda estou sozinha.
Resenha: A Rainha Vermelha - Livro 1 

37 comentários

  1. Oi, eu estou louca para ler A Rainha Vermelha e lendo a sua resenha do segundo livro só me deu mais vontade de ler logo esses livros, já que é distopia, um gênero que amo. Sua resenha está maravilhosa e sua resenha só instigou a minha curiosidade, pois ela parece ser diferente das outras distopias que já li. Dica anotada.
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OOi Thaty!
      Menina, eu amei os dois, são ótimos! Espero que goste tanto quanto eu.

      Excluir
  2. Oiii Catrine, como vai?
    Infelizmente essa trilogia não desperta muito meu interesse, por mais que sua resenha tenha ficado muito boa,eu pularei a dica dessa vez.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena que ela não te atrai, mas obrigada! :)

      Excluir
  3. Essa trilogia desperta demais o meu interesse e espero que corresponda a minha grande expectativa.

    Beijinhos
    imperiodico.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu sempre quis ler essa série de livros mas nunca li, vejo que muita gente se decepciona e outras acabam amando hehehe. Adorei sua resenha.
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E realmente isso, Carol. Ou você ama ou odeia, felizmente, eu ameei!

      Excluir
  5. Olá
    Esse livro tem uma pegada bem legal de ação, livros de ação sempre me agrada, mas para ler esse preciso ler o outro, e esse é o problema, não gostei nem um pouco da premissa do primeiro e não estou com paciência para lê-lo. Estou esperando pelo útimo para ver se vale a pena ler como um livro 'único'
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O outro é mais ligado na história de Mare, no castelo, apresentando a sociedade. É como se fosse uma porta de entrada e apresentação. Nesse segundo que tudo começa a acontecer. Eu gostei igualmente dos dois, mas se prefere ação com certeza vai gostar mais desse haha :)

      Excluir
  6. oie!
    Eu estou adorando essa série, tanto que não sei até agora foi o meu livro favorito. E não vejo a hora de ler o terceiro, pois a autora surpreendeu com esse segundo, amadurecendo bastante a trama e a narrativa. Estou bem ansiosa pela continuação.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não faço ideia, amei os dois igualmente! ❤❤ Muito ansiosa! haha

      Excluir
  7. Oi, Cat!
    Tenho A Rainha Vermelha na estante desde que ganhei de um sorteio e ainda não abri pra ler, acredita? Agora além do segundo volume, existem alguns spin-offs, ou seja, to toda atrasada!!! Sua resenha só me deixou com mais vontade de largar todos os meus compromissos e ler os livros. ;) Gostei de saber que o foco dos livros é diferente, assim não é só uma continuação, há um quê de novidade. Juro leio até o final do ano! bj! Nu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OOi, Nuccia!
      Mulheeer, está esperando oque?? haha Trata de abrir ele logo. Leia e conta o que achou. Espero que também goste. :)

      Excluir
  8. Preciso dizer que você iniciou a resenha arrebentando, pois esse quote é top hahaha.
    Nunca li nada da autora, mas essa série está na minha lista a muuuuuuuito tempo. Adorei saber que as cenas de ação estão bem feitas, acredito que seja muito dificil descrever algumas cenas de ação, principalmente de luta e saber que a autora soube fazer isso bem me deixa feliz <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OOi Taty
      Ela também estava na minha lista há um tempão haha Finalmeeeente, resolvi ler e olha, não me arrependo nenhum pouco.

      Excluir
  9. Olá,

    Como eu só li A RAINHA VERMELHA, simplesmente amei sua resenha pois estou muito curiosa para saber mais sobre o desfecho da história. Gostei de saber que o foco do livro é mais ação, pois senti que no anterior os acontecimentos se demoraram um bocado para desenrolar. Em breve vou embarcar nessa leitura.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OOi
      Fico feliz que tenha gostado! Nesse ão tem nada de enrolação haha Muito pelo contrário, é de tirar o folego. Espero que curta a leitura tanto quanto eu.

      Excluir
  10. Não li a série ainda, mas a cada resenha que eu leio, minha vontade só aumenta. Vejo ótimas resenhas sobre o livro, e de como a personagem é bem forte e com personalidades bem marcante, e eu adoro esse tipo de personagens <3. E acho que sobre o livro, talvez pelo fato de eu gostar mais de ação ficaria com Espada de Vidro, em vez de A rainha vermelha.
    Leitor Irônico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi o que aconteceu comigo haha Vi tantas resenhas positivas que acabei lendo. Se gosta mais de ação sem dúvidas você gostaria mais do segundo segundo.

      Excluir
  11. Oi Catrine, não conhecia o livro e o achei muito interessante. Quando o escritor(a) mantém a mesma formula cativante do primeiro livro, certamente é um ponto positivo. Uma protagonista corajosa e que é dominada pela sede vingança, já pressinto que este ingrediente deverá azedar algumas coisas, embora as razões dela explique este sentimento.
    A sua resenha está um primor e convida o leitor para ler esta distopia, só não me aventuro porque estou com uma fila imensa e, portanto, fugindo de trilogias e séries novas.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, Tania! É muito triste quando as continuações acabam ficando desgastados. Felizmente, essa continuou tão cativante quanto o anterior.

      Excluir
  12. Fiquei um pouco perdida nessa resenha, talvez por que ainda não li o primeiro, mas mesmo assim fiquei com ânsia de ler, pois também já desejava muito ler o primeiro volume, agora entao, quero mais ainda...

    Beijos

    Viviana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, espero que goste tanto quanto eu gostei! ❤

      Excluir
  13. Olá Catrine!!!
    Eu me sinto totalmente deslocada, pois muita gente está falando maravilhas desse livro mas não consigo ter vontade de lê-lo :(
    Porém, acho que é porque não sou lá muito fã de distopias e apenas li só duas lançadas.
    Sua resenha tá incrível e realmente é uma pena não me senti despertada por esse enredo cheio de inúmeras coisas que o tornam uma distopia tão bem falada.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena que ele não chamou sua atenção! Talvez seja por conta do gênero mesmo. No meu caso, e um dos meus gêneros preferidos. :)

      Excluir
  14. Oie, nossa eu amo a rainha vermelha ( aliás foi uma das minhas melhores leituras do primeiro semestre desse ano) e fico muito feliz com essa novidade de saber que a história será adaptada para as telinhas do cinema. Já vou aguardar ansiosamente para assistir.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também foram umas das melhores minhas também! ❤

      Excluir
  15. Olá! Nunca li essa série. E nem vontade tinha, até que a autora lançou um conto gratuito e li...e fiquei muito curiosa para conhecer. Parabéns pela resenha, espero ler logo. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que acabou gostando haha Obrigadaaa! ❤

      Excluir
  16. Eu já li o livro e esse final é ANGUSTIANTE. Adorei a resenha e também estou aguardando o terceiro livro da série, beijos
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Tenho muito interesse em ler essa série, desde que o primeiro livro foi lançado. Depois de ler a sua resenha, fiquei ainda mais interessada. Estou precisando fazer umas leituras eletrizantes, dessas que não deixam a gente nem piscar. Acho que vou esperar o lançamento do terceiro livro para ler os três juntos. Ótima resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha! :) O bom é que não precisa ficar esperando haha

      Excluir
  18. Oiii!
    Ouvi falar muito bem do livro "A rainha vermelha". Pretendo ler e depois de saber que a continuação agradou, me deixou com mais vontade ainda.
    Gostei da sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Que bom que gostou! Leia sim, espero que goste tanto quanto eu. :)

    ResponderExcluir
  20. Olá... tudo bem???
    Muito bom saber que o segundo livro continua tão bom quanto o primeiro... ainda não comecei a ler essa série, mas já tenho o primeiro livro... eu amo distopias... elas tem sua semelhanças por causa da essência, mas cada livro conta a sua história... não vejo a hora de começar.... eu amei ler sua resenha super empolgante... transbordou em mim... Xero!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita, espero que tenha gostado!
Opiniões, sugestões, críticas... fiquem a vontade.❤❤

Design por: Adorável Design

Adaptação por: Estante Mineira